Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Cidade

ACM Neto reativa Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Na manhã desta quinta-feira (18), o prefeito ACM Neto assinou o termo de posse que reativa o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comped) para garantir os direitos das pessoas com deficiência. A ação foi realizada através da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), junto com os membros titulares e suplentes do conselho liderado pela presidente Maria Luíza Câmara. [Leia mais...]

ACM Neto reativa Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Foto: Divulgação/ Agecom

Por: Bárbara Gomes no dia 18 de junho de 2015 às 13:59

Na manhã desta quinta-feira (18), o prefeito ACM Neto assinou o termo de posse que reativa o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comped) para garantir os direitos das pessoas com deficiência. A ação foi realizada através da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), junto com os membros titulares e suplentes do conselho liderado pela presidente Maria Luíza Câmara.

ACM Neto ressaltou a importância do conselho na fiscalização de ações e na colaboração em elaborar políticas públicas a favor das pessoas com deficiência. “Entendemos que os gestores do Executivo devem estar sensíveis às provocações e demandas da sociedade. Com isso, conseguimos o aperfeiçoamento da democracia e do aprimoramento das decisões de governo. Para os conselheiros, a mensagem é de que, no que depender da Prefeitura, o trabalho a ser realizado deverá ter resultados práticos”, disse.

Já a presidente do conselho, Maria Luíza Câmara, que é líder da Associação Baiana de Deficientes Físicos (Abadef), comemorou a reativação da entidade  e disse que esse é o momento de aguardar as mudanças que estão acontecendo em Salvador. “A cidade ainda necessita melhorar muito no quesito acessibilidade. Precisamos, junto com a Prefeitura, trabalhar para deslanchar os projetos necessários para o bem estar destes cidadãos”, destacou.

ACM Neto reativa Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Metro 1