Cidade

Lojistas reclamam de prejuízos por falta de energia no Caminho das Árvores

O sistema de rede elétrica na Bahia já deixou muita gente irritada, principalmente em período de chuva. Desta vez, a reclamação vem de donos de lojas localizadas na Alameda das Espatódeas, no Caminho das Árvores, em Salvador.[Leia mais...]

[Lojistas reclamam de prejuízos por falta de energia no Caminho das Árvores]
Foto : Reprodução / Google Street View

Por Camila Tíssia e Stephanie Suerdieck no dia 01 de Março de 2016 ⋅ 09:44

O sistema de rede elétrica na Bahia já deixou muita gente irritada, principalmente em período de chuva. Desta vez, a reclamação vem de donos de lojas localizadas na Alameda das Espatódeas, no Caminho das Árvores, em Salvador. De acordo com uma denúncia enviada à Metrópole, está faltando luz quase que diariamente no trecho que abrange as lojas Ogunjá, Venture Home, Arte Banho, Clube Domizio, Bau Bau, entre outras. E o pior: a Coelba cada dia dá uma desculpa diferente.

Em contato com o Metro1, Felipe Gonzalez, proprietário da Ogunjá, afirmou que vai entrar na justiça contra a Coelba, mesmo sabendo que é difícil recuperar o prejuízo. "Ficamos o dia inteiro sem energia, sem ar-condicionado, sem computadores e às vezes não conseguimos abrir. E, quando abrimos, fechamos mais cedo pela falta de segurança", falou.

Um outro empresário, que faz parte da associação de lojistas, também se manifestou. "Imagina a situação: as vendas em baixa e quase que diariamente as lojas têm que fechar as portas devido a falta de luz. Sofremos na mão da Coelba", criticou.

A empresária Fabíolla Martins, proprietária de loja Tríadee, relatou ter tido prejuízo com as recorrentes interrupções no fornecimento de energia na região e disse que o problema não é de agora. “Com essa oscilação de energia, nós tivemos um prejuízo de R$ 590, fora a mão de obra para trocar o disjuntor geral da loja, porque teve uma queda de fase muito grande que fez queimar o nosso disjuntor. Teve loja que perdeu máquias e computadores e está sendo bem recorrente essa situação, tanto que antes do carnaval um trecho da rua ficou sem luz por uma semana”, contou ao Metro1.

Notícias relacionadas

[Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje]
Cidade

Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 08:40 em Cidade

Segundo a Semob, o permissionário que não passar pela fiscalização até o dia 27 de setembro vai pagar multa de R$42,30 e ficará impedido de exercer a atividade