Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Cidade

Polícia Civil aponta que Marcelo Castro e editor da Record são investigados no caso do pix

Ao todo, 13 pessoas estão sendo investigadas no caso do Pix da Record Bahia, segundo a polícia

Polícia Civil aponta que Marcelo Castro e editor da Record são investigados no caso do pix

Foto: Reprodução/Redes sociais

Por: Metro1 no dia 12 de abril de 2023 às 13:50

Atualizado: no dia 12 de abril de 2023 às 14:15

A Polícia Civil apontou nesta quarta-feira (12) que, entre os investigados no caso do Pix da Record Bahia, estão o ex-repórter Marcelo Castro e o ex-editor-chefe do Balanço Geral, Jamerson Oliveira. 

Em um texto divulgado à imprensa, a PC diz que "até o momento, 13 pessoas são investigadas, entre estas, duas são jornalistas que foram demitidos da emissora" (sic). No último dia 31 de março, a Record demitiu Marcelo Castro e Jamerson Oliveira (relembre aqui).

Ainda conforme o documento, um dos investigados é proprietário de uma pistola calibre 9 mm e possui registro de Colecionador Atirador e Caçador (CAC). O Exército Brasileiro apura a regularidade da licença e a manutenção do registro. O nome não foi informado.

Recapitulação

As primeiras apurações iniciaram no dia 14 de março, a partir de informações publicadas em veículos de imprensa, que noticiaram a suposta fraude por meio de doações via pix que seriam para pessoas em situações de vulnerabilidade social. O golpe é estimado em R$ 800 mil.

Desde o início das apurações, 27 pessoas já foram ouvidas, entre jornalistas, demais funcionários da emissora de TV e pessoas que se colocam como possíveis vítimas das fraudes, além da própria emissora, que também se coloca como vítima. Até este momento, o crime é enquadrado como estelionato por meio virtual.

*Com informações da repórter Danielle Campos