Cidade

Eventos alteram tráfego em alguns bairros no próximo fim de semana

Os eventos que ocorrerão neste final de semana, vão provocar interdição parcial em vias dos bairros de Alto do Cabrito, Tororó e Rio Vermelho. A Transalvador fará uma operação a fim de organizar a circulação de veículos e pedestres nas localidades [Leia mais...]

[Eventos alteram tráfego em alguns bairros no próximo fim de semana]
Foto : Divulgação/ Transalvador

Por Alaine Brasil no dia 09 de Março de 2016 ⋅ 19:40

Os eventos que ocorrerão neste final de semana, vão provocar interdição parcial em vias dos bairros de Alto do Cabrito, Tororó e Rio Vermelho. A Transalvador fará uma operação a fim de organizar a circulação de veículos e pedestres nas localidades.

No próximo sábado (12), a partir das 15h, a Caminhada pela Paz causa interdição progressiva de uma faixa de tráfego e tem saída da rua 9 de Novembro, no Alto do Cabrito, passando pela Marciano Porcino, na Boa Vista do Lobato, seguindo de volta ao Alto do Cabrito pela 2º Travessa Ana Piedade, com chegada na Praça Maroly Lopes.

No domingo (13), para a realização do “Salvador vai de bike pelo fim da violência contra as mulheres”, uma faixa de tráfego será interditada durante o percurso entre o Dique do Tororó e o bairro do Rio Vermelho. As vias do percurso são a av. Presidente Costa e Silva (Dique), com saída em frente à Arena Fonte Nova, seguindo pela av. Centenário, rua Airosa Galvão, alcançando à av. Oceânica (orla), em direção à rua da Paciência, Largo de Santana, rua Guedes Cabral, rua Borges dos Reis, Praça Colombo, Largo da Mariquita, rua Odilon Santos, Praça Brigadeiro Faria Rocha, rua Marquês de Monte Santo, Praça do Ex- Combatente, rua Oswaldo Cruz, rua Conselheiro Pedro Luiz, av. Vasco da Gama, com chegada em frente a Arena Fonte Nova.

 

Notícias relacionadas

[Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje]
Cidade

Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 08:40 em Cidade

Segundo a Semob, o permissionário que não passar pela fiscalização até o dia 27 de setembro vai pagar multa de R$42,30 e ficará impedido de exercer a atividade