Cidade

Prefeitura começa a cortar dias não trabalhados de servidores em greve

O prefeito ACM Neto disse nesta quinta-feira (10) que, como a folha começa a ser fechada na próxima sexta-feira (11), a administração municipal passa a computar o desconto dos dias parados dos professores e que a medida será estendida a qualquer servidor que aderir a movimento grevista [Leia mais...]

[Prefeitura começa a cortar dias não trabalhados de servidores em greve]
Foto : Reprodução/DEM

Por Alaine Brasil no dia 10 de Março de 2016 ⋅ 19:50

O prefeito de Salvador, ACM Neto disse nesta quinta-feira (10) que, como a folha começa a ser fechada na próxima sexta-feira (11), a administração municipal passa a computar o desconto dos dias parados dos professores e que a medida será estendida a qualquer servidor que aderir ao movimento grevista. "A Prefeitura está sempre aberta ao diálogo, mas esta greve anunciada é política e não vou transigir, mesmo porque a data-base da categoria é maio. Não é justo querer parar a cidade e receber como se estivessem trabalhando”, disse o prefeito.

Neto disse ainda que os professores e os servidores em geral foram valorizados na atual gestão como nunca foram antes e tiveram conquistas históricas, como implantação de planos de carreira e remuneração, plano de saúde, ampliação de gratificações e reajustes salariais. "Também melhoramos as condições de trabalho e implantamos as mesas permanentes de negociação. O momento é de colaborar com a cidade e a sua população", concluiu o prefeito.


 

Notícias relacionadas