Cidade

Inema aponta 9 praias impróprias para o banho neste fim de semana; confira

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) informou que, das 37 praias avaliadas pelo órgão, nas cidades de Salvador e Lauro de Freitas, nove estão impróprias para o banho, neste feriadão de Semana Santa. [Leia mais...]

[Inema aponta 9 praias impróprias para o banho neste fim de semana; confira]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Jessica Galvão no dia 23 de Março de 2016 ⋅ 16:11

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) informou que, das 37 praias avaliadas pelo órgão, nas cidades de Salvador e Lauro de Freitas, nove estão impróprias para o banho, neste feriadão de Semana Santa. 

Segundo o Inema, a praia é considerada inadequada para banhistas quando mais de 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas, apresenta resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

Confira as praias e trechos que devem ser evitados:

Periperi (na saída de acesso à praia)
Penha (situada em frente à barraca do Valença)
Bogari (em frente ao Colégio da PM)
Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família)
Armação (em frente ao Hotel Alah Mar)
Boca do Rio (em frente ao posto Salva Vidas)
Corsário (em frente ao Posto Salva Vidas)
Patamares (em frente ao posto Salva Vidas Patamares)
Placafor (em frente ao posto Salva Vidas)

Vale lembrar que no período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Notícias relacionadas

[Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje]
Cidade

Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 08:40 em Cidade

Segundo a Semob, o permissionário que não passar pela fiscalização até o dia 27 de setembro vai pagar multa de R$42,30 e ficará impedido de exercer a atividade