Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Terça-feira, 16 de abril de 2024

Cidade

Morador de condomínio no Cabula é acusado de assédio e 'stalking' contra vizinhas

A PC registrou duas ocorrências em março envolvendo perseguição e assédio contra moradoras do mesmo local

Morador de condomínio no Cabula é acusado de assédio e 'stalking' contra vizinhas

Foto: Google maps

Por: Metro1 no dia 02 de abril de 2024 às 14:55

Atualizado: no dia 02 de abril de 2024 às 15:55

Um homem morador de um condomínio no Cabula, em Salvador, é acusado de perseguição (stalking) e assédio sexual contra vizinhas. A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Brotas) recebeu duas denúncias de vítimas que moram no mesmo local, onde as práticas criminosas podem ser do mesmo autor. 

Em nota ao Metro1, a Polícia Civil (PC) informou que a primeira ocorrência, registrada no dia 20 de março, relata que o suspeito seguiu e chegou a tocar no braço da mulher em 8 de outubro do ano passado. No dia 27 de março, outra vítima registrou ocorrência com relato semelhante: perseguição e toque invasivo, sete dias depois do mesmo mês, em 2023. 

O caso segue em investigação pela PC, que solicitou as imagens de câmeras do condomínio e outras ferramentas para realizar a identificação do suspeito. Outras diligências investigativas são realizadas para esclarecer o caso.

Nas redes sociais circulam imagens que mostram o aviso de uma moradora no grupo do condomínio. “Fiquem atentas a garagem. Tem um assediador que te segue nas garagens e pega o mesmo elevador pra ficar assediando e alguns casos até tocando”, diz parte do texto.