Cidade

Agentes de endemias de Salvador mantêm greve por tempo indeterminado

Os agentes de endemias de Salvador decidiram durante assembléia realizada nesta segunda-feira (6) manter a greve, iniciada no dia 19 de junho, por tempo indeterminado. Após encontro, os servidores protestaram na região dos Barris e no centro da cidade. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Sindacs-BA

Por Gabriel Nascimento no dia 07 de Julho de 2015 ⋅ 09:05

Os agentes de endemias de Salvador decidiram durante assembleia realizada na última segunda-feira (6) manter, por tempo indeterminado, a greve iniciada no dia 19 de junho. Após encontro, os servidores protestaram na região dos Barris e no Centro da cidade. Por nota, o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias do Estado da Bahia (Sindacs) informou que os agentes reivindicam o recebimento do salário com base no piso salarial da categoria, que é R$ 1.014. O valor pago atualmente é R$ 692,08.

De acordo com o coordenador-geral do sindicato, Adelnilson Rangel, Salvador conta com cerca de 3.800 agentes de saúde e de combate às endemias. Os trabalhadores buscam também melhores condições de trabalho, estrutura e gratificação por desempenho. Nesta terça-feira (7) e na quarta-feira (8) será realizado às 13h um protesto na Câmara de Vereadores de Salvador, no Centro Histórico.

Notícias relacionadas