Cidade

Contrato de R$ 46 mi vira meio bilhão, e Prefeitura alega "problema no sistema"

A Prefeitura de Salvador firmou contrato com a empresa Braspe Empreendimentos e Serviços para a realização de atividades de 1º de dezembro de 2015 até 16 de março de 2016. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 10 de Agosto de 2016 ⋅ 14:17

A Prefeitura de Salvador firmou contrato com a empresa Braspe Empreendimentos e Serviços para a realização de atividades de 1º de dezembro de 2015 até 16 de março de 2016. Segundo a gestão municipal, o vínculo seria para a "execução de serviços continuados de apoio operacional da área de condução de veículos, envolvendo o transporte de autoridades, servidores e demais funcionários a serviço da Administração Municipal, bem como o transporte de equipamentos, materiais e documentos correlatos dos diversos órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta do Município de Salvador".

No entanto, o valor do contrato chamou a atenção: R$ 46.546.477 para serviços de motoristas para a Prefeitura no período de três meses. Pra piorar, de acordo com o portal da Transparência da Prefeitura, já foram pagos R$ 501 milhões a esta empresa de dezembro do ano passado até o momento. Ou seja: inexplicavelmente, o valor aumentou quase que doze vezes, chegando a quase meio bilhão em menos de um ano.

Por meio de nota, a gestão municipal declarou que a informação no portal da Transparência está equivocada e o valor pago à empresa neste ano até o momento foi de R$ 12.600.443,30. "O registro equivocado no Portal da Transparência deve-se a um problema no sistema de informática que já está sendo corrigido", afirma a nota da Prefeitura. 

Notícias relacionadas