Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Cidade

Após inúmeros problemas, Plano Inclinado Gonçalves será automatizado

Os R$2 milhões gastos pela Prefeitura de Salvador para tentar garantir o funcionamento do Plano Inclinado Gonçalves, importante ligação entre a Cidade Baixa e a Cidade Alta, não surtiram efeito. Desde a sua reinauguração, em fevereiro de 2014, o equipamento passa mais dias quebrado do que operando [Leia mais...]

Após inúmeros problemas, Plano Inclinado Gonçalves será automatizado

Foto: Tácio Moreira/Metropress

Por: Bárbara Silveira no dia 17 de julho de 2015 às 14:22

Os R$2 milhões gastos pela Prefeitura de Salvador para tentar garantir o funcionamento do Plano Inclinado Gonçalves, importante ligação entre a Cidade Baixa e a Cidade Alta, não surtiram efeito. Desde a sua reinauguração, em fevereiro de 2014, o equipamento passa mais dias quebrado do que operando e a desculpa é sempre a mesma: problema nos motores, máquinas centenárias que só podem ser ajustadas no Rio de Janeiro.

Porém, para a alegria dos usuários do Chariot, segundo o secretário de mobilidade de Salvador, Fábio Mota, o equipamento vai passar por reformas novamente, e essa promete ser definitiva. “Nós estamos licitando para automatiza-lo. Vocês acompanharam desde o início, os motores são do século passado , você conserta hoje e quebra amanhã, então, nós vamos fazer com o Gonçalves o mesmo que fizemos com o Plano Inclinado da Liberdade, fizemos uma automação e o Plano Inclinado Liberdade, a partir disso, funciona sem interrupção. Lançamos um edital de licitação para fazer a automatização do sistema", adiantou.

Após inúmeros problemas, Plano Inclinado Gonçalves será automatizado - Metro 1