Cidade

PRF apreende mais de 22 mil arrebites na região de Guanambi

Mais de 22 mil comprimidos de anfetaminas foram apreendidos na Bahia. A ação foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã da quinta-feira (23). Nesta operação, a PRF realizou a maior apreensão da droga, com 22.300 (vinte e dois mil e trezentos) inibidores de sono, mais conhecido como “arrebites”. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Nucom PRF

Por Bárbara Gomes no dia 24 de Julho de 2015 ⋅ 11:55

Mais de 22 mil comprimidos de anfetaminas foram apreendidos na Bahia. A ação foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã da quinta-feira (23). Nesta operação, a PRF realizou a maior apreensão da droga, com 22.300 (vinte e dois mil e trezentos) inibidores de sono, mais conhecido como “arrebites”. 

De acordo com a PRF, o flagrante aconteceu por volta das 10h20, no KM 155 da BR 030, perto da cidade de Guanambi, localizado no centro-sul da Bahia. A droga foi encontrada no interior do veículo, armazenada em 1.500 (mil e quinhentas) cartelas do medicamento com nome comercial Nobésio Forte, à base de anfetamina, substância que tem produção e comercialização proibida no Brasil.

O condutor informou aos policiais que conseguiu o produto em Feira de Santana e que entregaria para funcionários de um posto de combustíveis no município de Espinosa em Minas Gerais. O homem de 50 anos foi encaminhado para a delegacia de polícia judiciária de Guanambi.

Notícias relacionadas

[Trânsito no Imbuí será modificado a partir de sábado]
Cidade

Trânsito no Imbuí será modificado a partir de sábado

Por Kamille Martinho no dia 19 de Julho de 2019 ⋅ 16:20 em Cidade

O tráfego entre a rotatória próxima ao Imbuí Plaza e o retorno antes do Fórum Regional será permitido apenas para quem está seguindo no sentido viaduto de Narandiba

[Salvador registra resgate de 162 serpentes em 2019]
Cidade

Salvador registra resgate de 162 serpentes em 2019

Por Juliana Rodrigues no dia 19 de Julho de 2019 ⋅ 13:40 em Cidade

Segundo a Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), o período chuvoso influencia no aparecimento dos animais em ambiente urbano