Cidade

Thathi homenageia Cássia Eller nesta sexta-feira; veja

A agenda cultural desta sexta-feira (24) está com a programação cheia de eventos para todos os gostos e públicos. Tem show musical, teatral, exposição de arte e muito mais. [Leia mais...]

[Thathi homenageia Cássia Eller nesta sexta-feira; veja]
Foto : Reprodução /Facebook

Por Laura Lorenzo no dia 23 de Março de 2017 ⋅ 19:30

A agenda cultural desta sexta-feira (24) está com a programação cheia de eventos para todos os gostos e públicos. Tem show musical, teatral, exposição de arte e muito mais. 

Veja:

Show Cássia Eller por Thathi

A cantora baiana Thathi faz shows em homenagem a Cássia Eller no palco do Teatro Sesi Rio Vermelho, em Salvador nesta sexta (24). O projeto, idealizado por Thathi, estreou em novembro de 2015 e foi sucesso de público durante a temporada de 2 meses. Em 2017, o show volta à vários palcos do Brasil e homenageia os 15 anos sem Cássia Eller. O show traz toda a irreverência e musicalidade de uma das maiores artistas do rock nacional.

  • 24/3 a 26/3
  • 20h
  • Teatro Sesi Rio Vermelho
  • R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)


Sandra de Sá

Sandra traz um show intimista de voz, violão e percussão, que mexe com a memória afetiva de todos nós, em que a intérprete carioca desfila seus inúmeros sucessos.

  • 24/3 e 25/3
  • 0h30
  • Café-Teatro Rubi
  • R$ 120


Banda Pietá

A Caixa Cultural Salvador apresenta, entre os dias 23 e 26 de março (quinta a domingo), uma série de quatro concertos em que banda revelação carioca Pietá faz sua estreia em solo baiano.  As apresentações do show 'Leve O Que Quiser' ocorrem de quinta-feira a sábado, às 20h, e domingo, às 19h, com ingressos vendidos a preços populares. 

  • 24/3
  • 20h
  • CAIXA Cultural Salvador
  • R$ 5,00 (Meia) e R$ 10,00 (Inteira) 

 

La Fúria

Com Bruno Magnata e Hiago Danadinho nos vocais, a banda de pagode apresenta seus sucessos a partir das 22h. Além do hit ‘Oêêê’, o repertório da noite conta com músicas como ‘Pode’ e ‘Garota de Luxo’, que fazem parte do DVD ‘O Rei dos Paredões’, lançado em janeiro. Na ocasião, acontece ainda o lançamento da carreira paralela de Hiago Danadinho, que passa a dividir seu tempo entre a La Fúria e o novo trabalho. O evento terá show de abertura da banda 70sambá e discotecagem do DJ Paulino. 

  • 24/3
  • 22h
  • Espaço Salvador Music Place
  • R$ 40 (Único) 


Festival Internacional de Artistas de Rua

Serão 18 atrações, 14 delas ou protagonizados, ou com mulheres dividindo a cena com parceiros masculinos. E os rapazes farão mais do que bonito – O Grupo Barlavento vai cantar um repertório especial com personagens femininos nas canções, Guy Roberts vai cantar canções que somente falem de mulheres ou que tenham sido compostas por elas, e o Homem-Banda, Bernard M. Snyder, que é diretor artístico do Festival, vai apresentar canções originalmente interpretadas por mulheres.

Artistas da Argentina, Chile, Uruguai, Alemanha, Rússia, Itália, Reino Unido e Bélgica, além do Brasil, farão apresentações de contorcionismo, malabarismo, dança, clown, poesia, música, rap e hip hop e beatbox. 10 das atrações serão musicais.

  • 24/3 e 26/3
  • 17h
  • Santo Antônio Além de Carmo (Salvador) | Ribeira (Salvador) | Praça Rui Barbosa (Jequié) | Centro Cultural Glauber Rocha (Vitória da Conquista) | Orla de Madre de Deus
  • Grátis


Feira de Troca Solidária

Com intuito de fomentar o consumo consciente, a feira possibilita a troca de diversos tipos de objetos em bom estado, tais como: roupas, sapatos, acessórios, brinquedos, entre outros.

  • 23/3 e 24/3
  • 10h às 19h
  • Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris)
  • Grátis


Poesia Agora

O escritor carioca Lucas Viriato, curador da Poesia Agora – maior exposição de poesia já realizada no país, em cartaz na CAIXA Cultural Salvador. Nepal Legal e Índia Derradeira foram escritos entre 2013 e 2016 e publicados pela OrganoGrama Livros, ambos sobre uma mesma viagem ao Oriente, realizada pelo autor entre janeiro e abril de 2013.

  • 14/3 a 28/5, ter a dom
  • 9h às 18h
  • CAIXA Cultural Salvador
  • Grátis

 

Nossa Cidade é uma Peça

Evento em comemoração ao mês do teatro.

  • 11/3 a 27/3
  • sex e sab, 20h; dom, 19h
  • Casa da Cultura de Euclides da Cunha
  • Grátis


Casa Castro Alves estreia espetáculo em homenagem às mulheres

O espetáculo Loucas do Riacho  une reflexões sobre a representação da loucura, a performatividade de gênero e a simbologia da água. A ideia contribui ainda para reflexão sobre performance de gênero, no calendário de atos políticos e artísticos pelo Dia Internacional da Mulher. No espetáculo, seis atrizes-dançarinas e um ator-dançarino dramatizam os fluxos de um rio e o público se vê convidado a mergulhar nessas águas, onde as dimensões de arte e ritual se aproximam. A direção e concepção é de Raiça Bomfim, com realização da Gameleira Artes Integradas. Segundo Raiça Bomfim o espetáculo é desdobramento de outro, intitulado Ofélia – Sete Saltos para se Afogar.

 

  • 24/3 e 25/3
  • 17h
  • Casa Castro Alves (Pelourinho)
  • R$ 10 e R$ 5


Ensaios de São João

Em clima junino, o Armazém Hall recebe nesta sexta-feira (24) a primeira edição de 2017 do projeto ‘Ensaios de São João’. As bandas Estakazero, Falamansa e Seu Maxixe comandam a festa, que acontece em Vilas do Atlântico, a partir das 21h. A noite conta ainda com show da cantora Jeanne Lima, ex-The Voice Brasil.

  • 24/3
  • 21h
  • Armazém Hall
  • R$ 40 (Pista) e R$ 70 (Área VIP) e R$ 90 (Camarote) 

 

Rastros, exposição de Anderson Santos

A mostra propõe um percurso pelo universo pictórico de Anderson Santos, que gira entorno da representação da figura humana em movimento, pensando, principalmente, como a nossa recente relação com a tecnologia modifica a maneira como percebemos arte. O artista criou uma série de pinturas que convidam o público a se questionar sobre quais as proporções e transformações à linguagem pictórica e ao gosto para as imagens, as novas tecnologias estão proporcionando. Tendo presente que, hoje, criar essas obras, mesmo quando tradicionais óleos sobre telas, não teria sido possível sem o uso da tecnologia digital.

  • até 29/4, seg a sab
  • 10h às 18h
  • RV Cultura e Arte
  • Grátis

 

Espetáculo Mágico Mar

Mágico Mar é um espetáculo com mágicas, efeitos especiais e com muita arte circense que traz à tona a preservação ambiental e os cuidados com a natureza provocando reflexões sobre nossa relação com o consumo e seu descarte no ambiente. 
Durante esta temporada toda a renda arrecadada com a bilheteria se transformará em uma corrente do bem para ajudar o trabalho social da ONG Bumbá – Escola de Formação Artística – que atua no bairro de Pituaçu com ações socioculturais na comunidade e formação cidadã através da arte e cultura para jovens e que vem passando por dificuldades para se manter.

  • até 25/03
  • 17h
  • Teatro Gamboa Nova
  • R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)


DESZMandamentos

DESZMandamentos  intitula a exposição de Tonico Portela, com trabalhos fruto de uma investigação, em curso, no doutorado em poéticas visuais,  no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais-PPGAV, Escola de Belas Artes-EBA, UFBA. Sua pesquisa tem como tema as impressões e como aprofundamento a relação que se estabelece entre arte e espiritualidade no seu processo criativo.

  • Até 9/4
  • ter a sex, 13h às 19h; sab e dom, 14h às 18h
  • Museu de Arte da Bahia
  • Grátis

 

Danilo Fonseca

O músico, cantor, compositor e violonista Danilo Fonseca, indicado ao prêmio Caymmi de música nas categorias melhor canção e melhor intérprete vocal, com a música "jangadeiro”, fará uma apresentação na Mandala Musical do Ciranda.
Recentemente foi um dos artistas selecionados no mapa musical da Bahia de 2017 e contemplado com programa especial na rádio educadora falando sobre o seu trabalho. Com uma voz marcante e construção autoral peculiar, suas composições poetizam sobre o ser atrelado a características harmônicas e melódicas que, à sua maneira de ver, almejam o encontro de suas influências sertanejas e o balanço do mar, com um toque de afrobaianidade presentes nas claves e ritmos populares.

  • 24/3
  • 21h
  • Ciranda Café, Cultura & Artes
  • R$ 15 (Couvert) 


Alexandre Leão

Começou sua carreira com o pé direito aos 17 anos. Gravado por, nada menos, que Maria Bethânia. A música se chama PAIOL DO OURO (Alexandre Leão e Olival Matos) e introduziu o cantor, compositor e músico na vida profissional. Na sequência, várias de suas canções também foram interpretadas por outros artistas e POP ZEN (Alexandre Leão, Manuca Almeida e Lalado), em especial, se tornou conhecida na voz de Ivete Sangalo, da Banda Lampirônicos, da Família Caymmi e mais recentemente por Arnaldo Antunes em seu novo cd. No Cinema, Leão colaborou também com trilhas de filmes como “Se eu fosse você” (Daniel Filho) e “Falsa Loira” (Carlos Rocheibach). 

  • 24/3
  • 22h
  • Varanda do Sesi - Rio Vermelho
  • R$ 30 (Couvert) 

Notícias relacionadas