Cidade

Prefeitura de Salvador suspende o salário de 300 servidores

Trezentos servidores públicos municipais que não compareceram ao Setor de Gestão de Pessoas (Segeps) do seu órgão, após a publicação dos nomes na lista de não recadastrados no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 14 de março, tiveram seu salário do mês de março suspenso. [Leia mais...]

[Prefeitura de Salvador suspende o salário de 300 servidores]
Foto : Reprodução /PCdoB-BA

Por Laura Lorenzo no dia 30 de Março de 2017 ⋅ 15:51

Trezentos servidores públicos municipais que não compareceram ao Setor de Gestão de Pessoas (Segeps) do seu órgão, após a publicação dos nomes na lista de não recadastrados no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 14 de março, tiveram seu salário do mês de março suspenso. A medida está prevista no Decreto 27.766, que regulamenta a Atualização Cadastral Obrigatória.

Para regularizar sua situação, o servidor precisa procurar o Setor de Gestão de Pessoas (Segeps) do seu órgão levando os documentos para a realização do procedimento de forma presencial. O salário vai continuar bloqueado até que a situação seja regularizada. A lista do dia 14 de março tinha 647 servidores.

Realizada de 11 de outubro a 16 novembro de 2016, a Atualização Cadastral Obrigatória teve como objetivo validar o quadro de pessoal dos órgãos/entidades e atualizar os dados dos servidores, ajudando a melhorar o planejamento da Prefeitura de Salvador. A ação coordenada pela Semge foi realizada em duas etapas: a online, onde o servidor/empregado deveria conferir seus dados no site para a atualização, e a presencial, que só foi necessária àqueles que tiveram dados incorretos nos seus cadastros.

Notícias relacionadas

[Orçamento da Ufba será 5% menor em comparação com 2019]
Cidade

Orçamento da Ufba será 5% menor em comparação com 2019

Por Kamille Martinho no dia 28 de Janeiro de 2020 ⋅ 16:59 em Cidade

"Mesmo tendo expandido, ao longo dos últimos anos, seus quantitativos de alunos e de trabalhadores, sua oferta de cursos e sua área construída, a Ufba receberá menos recu...