Cidade

Cinco fortes de Salvador concorrem ao título de Patrimônio Mundial pela Unesco

Os fortes de Santa Maria, São Diogo, São Marcelo, Santo Antônio da Barra (o Farol da Barra) e Nossa Senhora de Monte Serrat vão concorrer ao título de Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). [Leia mais...]

[Cinco fortes de Salvador concorrem ao título de Patrimônio Mundial pela Unesco]
Foto : Jefferson Peixoto/ Agecom

Por Luiza Leão no dia 10 de Abril de 2017 ⋅ 15:00

Os fortes de Santa Maria, São Diogo, São Marcelo, Santo Antônio da Barra (o Farol da Barra) e Nossa Senhora de Monte Serrat vão concorrer ao título de Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Além das cinco construções da capital baiana, outras 14 fortificações espalhadas pelo Brasil disputam o título.

A escolha dos fortes de Salvador foi realizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Todos eles compõem o Conjunto de Fortificações do Brasil. Para que o reconhecimento seja conquistado, os equipamentos devem promover o uso sustentável e a conservação do local e um outro requisito importante, como o da preservação da memória e o estímulo ao turismo cultural.

Em 2016, a Prefeitura de Salvador disponibilizou R$ 5,3 milhões para reformar os fortes Santa Maria e São Diogo, fortificações de destaque e que vão disputar o título. Nesses locais, houve a instalação de dois importantes espaços culturais: Pierre Verger da Fotografia Baiana e Carybé de Artes, que são de propriedade da União, mas que são administrados pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

Notícias relacionadas