Cidade

Rodoviários garantem paralisação durante toda a sexta e propõem greve no dia 1º

a sexta-feira (28), Salvador e Região Metropolitana vão ficar sem ônibus. A afirmação foi do presidente do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Daniel Mota, em entrevista à Rádio Metrópole nesta terça-feira (25). Ainda segundo o sindicato, além da paralisação de 24h, se não houver acordo, os rodoviários também vão parar no dia 1º [Leia mais...]

[Rodoviários garantem paralisação durante toda a sexta e propõem greve no dia 1º]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 25 de Abril de 2017 ⋅ 09:26

Na sexta-feira (28), Salvador e Região Metropolitana vão ficar sem ônibus. A afirmação foi do presidente do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Daniel Mota, em entrevista à Rádio Metrópole nesta terça-feira (25). Ainda segundo o sindicato, além da paralisação de 24h, se não houver acordo, os rodoviários também vão parar no dia 1º.

'A Bahia vai parar, não vamos permitir o retrocesso. Vai sair um edital avisando aos empresários e a população que os ônibus não vão rodar o dia inteiro. Vão 417 cidades sem ônibus e transporte coletivo na Bahia. A diretoria fez um debate e na carta aberta vamos informar que em Salvador não rodará ônibus na sexta-feira. Vamos enfrentar essa guerra e lutar contra o sistema', disse.

Ainda segundo Daniel Mota, os rodoviários vão parar no dia 1º se não houver acordo salarial. 'Estamos em reunião e os empresários querem tirar os cobradores de ônibus. Querem dar uma teteia para os motoristas para eles atuarem como cobradores. Os empresários estão dizendo que não terão salário na conta por causa da greve. Se o dinheiro não tiver na conta, não terá ôniobus no dia 1º também. Os rodovirios que não pararem no resto do Brasil, estarão descumprindo uma ordem nacional. Isso foi uma decisão nacional. 18 mil trabalhadores de transportes pararão na Bahia', completou.

 

Notícias relacionadas

[Ufba fica sem luz após roubo de cabos]
Cidade

Ufba fica sem luz após roubo de cabos

Por Kamille Martinho no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 14:20 em Cidade

Assessoria da universidade afirma que novo material já está sendo providenciado