Cidade

Votação do projeto Ouvindo Nosso Bairro termina nesta sexta

Os cidadãos terão apenas mais dois dias para votar em obras que considerem importantes nos bairros de Salvador por meio do programa Ouvindo Nosso Bairro. O programa foi lançado pelo prefeito ACM Neto no inicio do mês passado. [Leia mais...]

[Votação do projeto Ouvindo Nosso Bairro termina nesta sexta]
Foto : Divulgação/ Secom

Por Paloma Morais no dia 05 de Setembro de 2017 ⋅ 18:52

Os cidadãos terão apenas mais dois dias para votar em obras que considerem importantes nos bairros de Salvador por meio do programa Ouvindo Nosso Bairro. O programa foi lançado pelo prefeito ACM Neto no inicio do mês passado. Promotores estarão nas estações de transbordo da Lapa, Mussurunga e Pirajá, estimulando e auxiliando os usuários na votação por meio de tabletes. Nesta terça (5), o Ouvindo Nosso Bairro esteve na região das ilhas de Maré, Frades e Bom Jesus dos Passos paar coletar votos dos moradores.

O processo, totalmente eletrônico, pode ser feito pelo site ou pelo aplicativo Ouvindo Nosso Bairro, disponível na App Store (para iOS) e Play Store (para Android). Serão disponibilizadas 1,2 mil opções no sistema, e dentre elas, a população poderá escolher as obras de infraestrutura a serem realizadas no bairro por ordem de prioridade, com limite de cinco opções por local.

O prefeito garantiu que a administração iniciará, o mais rápido possível, a obra que for mais importante para cada bairro e convocou a população a realizar o voto.“É uma forma de trazer as pessoas para participar da decisão da Prefeitura e, com isso, decidirem também o futuro do bairro e da cidade. Por isso, é importante que todos participem da iniciativa”, disse. 

Desde quando foi iniciada a votação da segunda edição do projeto, equipes já visitaram 29 localidades, incluindo o Centro, Vale dos Rios, Santa Cruz, Comércio, Bom Juá, Vale dos Rios, Península Itapagipana, São Joaquim, Calabar, Subúrbio Ferroviário, Rio Vermelho, Pirajá, Itaigara, Barra, Liberdade, Boa Vista de São Caetano, Cajazeiras, Nova Constituinte, Cidade Baixa, Jardim das Margaridas, Itinga, Pau da Lima, Nova Esperança, Doron e Campo da Pólvora, além de shoppings, escolas e faculdades.

A primeira edição do programa foi realizada nos meses de janeiro e fevereiro de 2015 e organizou reuniões presenciais em 160 bairros e três ilhas de Salvador. A consulta popular teve a participação de mais de 9,5 mil cidadãos e, durante o período, foram levantadas 101.292 necessidades de melhorias.

Notícias relacionadas