Cidade

INSS: Agência do Bonfim realiza mutirão para requerentes de pensão por morte e salário-maternidade

A Agência da Previdência Social Bonfim, localizada na Cidade Baixa, realizará um mutirão neste sábado (23) para atender a 200 pessoas que pediram os benefícios Pensão por morte e Salário-maternidade. O serviço que será disponibilizado das 7h às 13h será destinado apenas para contribuintes que foram convocados para a ação.[Leia mais...]

[INSS: Agência do Bonfim realiza mutirão para requerentes de pensão por morte e salário-maternidade]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 22 de Setembro de 2017 ⋅ 15:07

A Agência da Previdência Social Bonfim, localizada na Cidade Baixa, realizará um mutirão neste sábado (23) para atender a 200 pessoas que pediram os benefícios Pensão por morte e Salário-maternidade. O serviço que será disponibilizado das 7h às 13h será destinado apenas para contribuintes que foram convocados para a ação.

Segundo o chefe de benefício do INSS, Marcelo Caetano, a ação tem como principal objetivo reduzir o tempo de espera dos serviços agendados. “O mutirão é para pessoas que já foram convocadas, que estão com essa agenda lá pra frente, nós estamos antecipando essa agenda", explicou ao portal G1. "[O atendimento] é contado em relação ao número de servidores que aderem a esse mutirão. Então, a gente faz uma convocação de servidores, faz o chamado, vê o número de pessoas, de servidores que vão aderir, e aí a gente define um número que esses servidores precisam atender, e convoca essas pessoas, sendo que estamos convocando as pessoas que estão há mais tempo esperando na agenda”, complementou.

De acordo com Marcelo, os dois atendimentos prestados no mutirão são por conta do aumento significativo de pedidos de aposentadoria por tempo de contribuição, por causa da reforma da Previdência. "Com isso ele deu uma travada nos benefícios de salários-maternidade, e de pensão por morte. Então, como são dois benefícios que estão relacionados com uma necessidade mais emergencial, o salário-maternidade porque tem o afastamento da mãe das suas atividades laborativas. E a pensão por morte por causa do falecimento de uma pessoa que, de repente, era o principal provedor da família. Então, esses benefícios são a prioridade”, explicou.

Segundo Marcelo, dois mutirões já foram realizados no mês de agosto e a expectativa é de realizar a ação em todos os meses até o fim do ano em uma agência ou mais.

Notícias relacionadas