Cidade

Com bolo de aniversário de 1 ano de desmoronamento, manifestantes fazem ato contra transferência do Centro de Convenções

Moradores do entorno do Centro de Convenções da Bahia e lideranças de diversos segmentos do trade turístico, realizaram na manhã deste domingo (24), um ato de defesa para a manutenção do estabelecimento em seu local de origem, no Stiep, em Salvador. No início do mês o Governo do Estado anunciou a mudança do equipamento para uma área no Parque de Exposições.[Leia mais...]

[Com bolo de aniversário de 1 ano de desmoronamento, manifestantes fazem ato contra transferência do Centro de Convenções]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Paloma Morais no dia 24 de Setembro de 2017 ⋅ 11:32

Moradores do entorno do Centro de Convenções da Bahia e lideranças de diversos segmentos do trade turístico, realizaram na manhã deste domingo (24), um ato de defesa para a manutenção do estabelecimento em seu local de origem, no Stiep, em Salvador. No início do mês o Governo do Estado anunciou a mudança do equipamento para uma área no Parque de Exposições.

O ato, que teve direito a um bolo de aniversário seguido de coro de "parabéns pra você" em lembrança a um ano do primeiro desmoronamento parcial da estrutura do Centro de Convenções, consistiu em um "abraçaço" no estabelecimento com o objetivo, conforme o movimento, de chamar a atenção do Governo sobre a insatisfação. De acordo com os manifestantes, a solução para o equipamento que está isolado desde setembro do ano passado, quando parte de sua estrutura desabou, é uma reforma, e não a demolição e transferência para outro local. Além disso, eles reclamam que o fechamento do local há um ano prejudica o turismo no estado. Mesmo após esse período, ainda não foi divulgado o laudo sobre a causa do acidente e a atual situação da estrutura do estabelecimento. 

Desaprovação

Em entrevista à Lara Kertész no Metrópole Turismo, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (ABIH) Glicério Lemos, afirmou que o setor é contra a medida. "A gente não está de acordo. O Conselho Baiano de Turismo acredita que a localização do novo Centro de Convenções deve permanecer no atual local, na praia de Armação. É o primeiro lugar do mundo que faz a transferência do Centro de Convenções de um lugar para o outro, isso é um equipamento que já criou uma estrutura grande. Só de hotéis tem mais de R$ 5 bilhões de investimento ali. Agora o secretário, de uma hora pra outra, resolve mudar sem consultar o trade”, disse.

Por sua vez, o governador Rui Costa voltou a afirmar, na manhã deste domingo, que a decisão de alocar o estabelecimento em uma área do Parque de Exposições não será mudada. "A decisão está tomada. A condição melhor para o Centro de Convenções é no Comércio, mas até agora não temos decisão das áreas possíveis e nós iniciamos o processo para levar ao Parque de Exposições", afirmou o governador ao jornal Correio.

De acordo com Rui, entre outras questões, as condições naturais do local, como a presença de salitre, contribuem para a decisão da mudança. "Aquela área do Stiep é uma área desde quando foi construída que ali é de forte salitre. Ou seja, aquela área é a maior concentração de salitre na Bahia e uma das maiores do Brasil. Ali não tem condições técnicas e viáveis de ter o equipamento e não foi só o centro de Convenções. Aquele shopping que já existiu ali (Aeroclube) foi à falência e mostrou que não se sustenta pelo nível de salindade e o Estado não vai construir mais nada ali.  Qualquer construção tem que ser como residências . Nós vamos desmontar e licitar. Se houver tempo será do Comércio caso contrário Serra no Parque Exposições", reafimou o governador ao jornal.




Notícias relacionadas

[Salvador ganha Prêmio Nacional do Turismo]
Cidade

Salvador ganha Prêmio Nacional do Turismo

Por Marcela Vilar no dia 05 de Dezembro de 2019 ⋅ 10:40 em Cidade

Secretário municipal de Cultura e Turismo recebeu o prêmio ontem (4) pelo projeto Visit Salvador da Bahia