Cidade

Suspeita de bomba em escola de Fazenda Grande III é descartada pelo Bope: "Apenas uma bolsa vazia"

Professores e alunos de uma escola particular no bairro de Fazenda Grande III passaram por um susto na manhã desta quarta-feira (25) por conta de uma suspeita de bomba. Um pacote foi deixado na porta de entrada da escola Tia Aline embalado em papel de presente com um bilhete com as escritas: bomba e Luma (nome de uma aluna de 4 anos).[Leia mais...]

[Suspeita de bomba em escola de Fazenda Grande III é descartada pelo Bope:
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 25 de Outubro de 2017 ⋅ 14:38

Professores e alunos de uma escola particular no bairro de Fazenda Grande III passaram por um susto na manhã desta quarta-feira (25) por conta de uma suspeita de bomba. Um pacote foi deixado na porta de entrada da escola Tia Aline embalado em papel de presente com um bilhete com as escritas: bomba e Luma (nome de uma aluna de 4 anos).

                          

Após serem acionadas, equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar analisaram o pacote e descartaram a possibilidade de artefato explosivo. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, O material analisado se tratava apenas de uma bolsa vazia.

"Seguimos os protocolos. Um policial colou o traje para esse tipo de ocorrência e analisamos o material com equipamento de raio X. Quando percebemos que estava vazia abrimos", detalhou o comandante da Companhia Antibombas do Bope, capitão Érico de Carvalho. O oficial informou ainda que o material será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para coleta de impressões digitais.

Ainda de acordo com a SSP, após a saída do Bope, uma mulher que mora em frente a escola e que aparenta sofrer de transtornos mentais assumiu ter deixado o pacote na frente da unidade escolar. Ela foi conduzida para a Delegacia Territorial do bairro.

 

Notícias relacionadas

[Ônibus voltam a circular no bairro de Santa Cruz]
Cidade

Ônibus voltam a circular no bairro de Santa Cruz

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Agosto de 2019 ⋅ 12:03 em Cidade

Veículos deixaram de entrar na localidade na noite de ontem (15), quando homens armados invadiram uma casa e fizeram moradores reféns por mais de uma hora