Cidade

Com investimento de R$3,2 milhões, Prefeitura anuncia requalificação do entorno do Farol de Itapuã

O prefeito ACM Neto assinou nesta quarta-feira (1º) uma ordem de serviço para a requalificação da Rua do Farol de Itapuã. O investimento será de aproximadamente R$3,2 milhões, provenientes do Programa de Requalificação Urbana de Salvador (Proquali), que é parte do programa Salvador 360, eixo Investe.[Leia mais...]

[Com investimento de R$3,2 milhões, Prefeitura anuncia requalificação do entorno do Farol de Itapuã]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 01 de Novembro de 2017 ⋅ 19:10

O prefeito ACM Neto assinou nesta quarta-feira (1º) uma ordem de serviço para a requalificação da Rua do Farol de Itapuã. O investimento será de aproximadamente R$3,2 milhões, provenientes do Programa de Requalificação Urbana de Salvador (Proquali), que é parte do programa Salvador 360, eixo Investe.

Conforme o projeto, entre as obras estão: quiosques de serviços; preservação da área de praia, com implantação de equipamentos e áreas de contemplação; A praça existente passará por serviços de alvenaria de pedra no entorno da área da praia; implantação de piso intertravado com tela em concreto armado. Serão instalados também, parque infantil, Academia de Saúde, área para capoeira, ciclovia e uma quadra esportiva. Também haverá sanitários, módulo de apoio para salva-vidas e paraciclo para pessoas com deficiência.

Após as obras, o acesso de veículos será restrito somente para carga e descarga e para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, com criação de 12 vagas de estacionamento. Outras 54 vagas para estacionamento geral serão criadas em uma área próxima à praia, com a implantação de uma passagem de nível para pedestres e redução de velocidade. Infraestrutura de esgotamento sanitário e iluminação também fazem parte das obras.

A intervenção será feita em uma área de mais de 21,5 mil m², com 335m de extensão, no trecho entre as casas da Marinha e a curva da residência onde morou o poeta Vinicius de Moraes. O projeto foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), em conjunto com a comunidade e com a participação da Superintendência do Patrimônio da União (SPU), por se tratar de uma área de marinha. A obra ficará sob a supervisão da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), e a execução será feita pela empresa Campbel Construções e Terraplanagem Ltda, vencedora da licitação. A previsão é de que a obra seja concluída em abril de 2018.

Notícias relacionadas