Cidade

Inscrições abertas para cursos e oficinas no Subúrbio 360

No momento, há vagas para os cursos de auxiliar administrativo, telemarketing, assim como para as cinco oficinas voltadas para a qualificação de crianças, jovens e adultos do Boca de Brasa. [Leia mais...]

[Inscrições abertas para cursos e oficinas no Subúrbio 360]
Foto : Reprodução

Por Cristiele França no dia 21 de Março de 2018 ⋅ 11:42

Estão abertas as inscrições apara cursos profissionalizantes e oficinas Boca de Brasa no Subúrbio 360, localizado no bairro de VIsta Alegre, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. No momento, há vagas para auxiliar administrativo, telemarketing, assim como para as cinco oficinas voltadas para a qualificação de crianças, jovens e adultos. Há também oferta de formação para agentes culturais, arte urbana (Grafite); audiovisual; escrita criativa e teatro.

Para se inscrever nos cursos profissionalizantes, é preciso comparecer no Subúrbio 360, localizado na Rua da Paz, no bairro de Vista Alegre, às terças e quintas-feiras, das 8h às 16h, com os documentos pessoais. Já os interessados nas oficinas Boca de Brasa devem ter idade igual ou superior a 12 anos e podem se inscrever pessoalmente de sexta e sábado, das 8h às 17h; terça, das 9h às 12h; quinta, das 14h às 18h. Quem preferir também pode enviar a inscrição preenchendo o formulário virtual, que está disponível neste site.

O resultado com a lista de selecionados será divulgada no dia 25 de março no local durante aula inaugural e na fan page oficial do Boca de Brasa (@espacoculturalbocadebrasa).

O Espaço Cultural Boca de Brasa, dentro do Subúrbio 360, conta com um teatro equipado com som e luz, 400 lugares na plateia e camarins. O mesmo teatro vira auditório, quando necessário. Além disso, duas salas serão utilizadas para o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais.

Notícias relacionadas

[Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma ]
Cidade

Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Setembro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

A Superintendência de Obras Públicas (Sucop) não respondeu, mas o Diário Oficial do Município denunciou: a empresa vencedora da licitação foi a Qualy Engenharia