Cidade

Metrópole chega à maioridade com credibilidade e irreverência

O jeito irreverente de comunicar e informar faz da Rádio Metrópole um veículo cada vez mais inovador. Com humor na medida certa e aquela pitada de sarcasmo, a emissora mostra diariamente que, ao longo dos 18 anos, realmente atingiu a maioridade. [Leia mais...]

[Metrópole chega à maioridade com credibilidade e irreverência]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Luiza Leão e Evilásio Júnior no dia 03 de Abril de 2018 ⋅ 00:01

O jeito irreverente de comunicar e informar faz da Rádio Metrópole um veículo cada vez mais inovador. Com humor na medida certa e aquela pitada de sarcasmo, a emissora mostra diariamente que, ao longo dos 18 anos, realmente atingiu a maioridade.

A começar por abrir os microfones: foi preciso coragem! Mas, com isso, pode ouvir a opinião de quem realmente importa e cobrar providências dos responsáveis.

Quem acompanha os 101,3 MHz até mesmo antes de a Rádio Cidade crescer e virar Metrópole sabe do compromisso em cobrir o dia a dia do cidadão e a política de maneira séria. Aqui a imparcialidade impera. Talvez por isso seja uma rádio tão temida, mas, ao mesmo tempo, respeitada.

Hoje, a Metrópole não é só uma cidade que cresceu, mas um grupo completo formado pelo Portal Metro1 e pelo Jornal da Metrópole, com a garantia de que a informação vai chegar sempre em primeira mão onde quer que você esteja, não só pelos aparelhos de rádio, mas por meio do computador, inclusive com transmissões pelo YouTube, e dos aplicativos de smartphone.

Talvez Mário Kertész não imaginasse que a filha caçula daria tanto orgulho para o país. Sim, se engana quem pensa que a importância da rádio se restringe à Bahia. Com entrevistas marcantes, a Rádio Metrópole sempre é destaque em jornais impressos de grande circulação nacional como a Folha de São Paulo, o Globo e o Estadão.

Repercussão na política – O governador da Bahia, Rui Costa (PT), citou a inovação da Metrópole como um diferencial da emissora. "São dezoito anos de um jeito novo de fazer rádio, com vários tipos de programa, com jornalismo, esporte, lazer. Marcou época e cravou seu espaço na comunicação da Bahia, com democratização e, definitivamente, um novo jeito de fazer rádio", avaliou o chefe do executivo estadual.

Ex-governador da Bahia e atual secretário da Fazenda de Salvador, Paulo Souto (DEM), não poupou elogios à emissora. “Dezoito anos da Rádio Metrópole significam 18 anos contínuos de transformação, de inovação, de muita criatividade, mudando completamente a feição do rádio e oferecendo uma nova alternativa para os que acreditam no rádio como um instrumento de lazer, de informação e de prestação de serviço”, disse o democrata.

O senador baiano Otto Alencar (PSD) ressaltou o compromisso da Metrópole com a informação de qualidade. “Dezoito anos que está no ar informando de forma correta e fidedigna, liderada pelo meu amigo Mário Kertész e toda a sua equipe. Espero que assim possa continuar para os baianos seguirem bem informados no interior e na capital em hora correta, imediatamente”, parabenizou.

Também senador, Roberto Muniz classificou os profissionais da Metrópole como responsáveis por impulsionar “diariamente a marca do jornalismo baiano”.

Já o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) alavancou a figura do fundador da emissora. “Um jornalismo sério, competente e que tem como âncora esse grande líder que transformou o rádio baiano, que é Mário Kertész”, declarou. O chefe de Legislativo municipal, Leo Prates (DEM), por sua vez, destacou o papel de vigilância da rádio. “De importância imensa para a cidade. Trazendo informação, boa notícia e fiscalização”, pontuou.

Presidente da OAB-BA (Ordem dos Advogados do Brasil seção Bahia), Luiz Viana Queiroz desejou vida longa à radinha. "Que continue cumprindo a sua função social de bem informar a sociedade baiana e a sociedade soteropolitana. Na qualidade de presidente da OAB desejo que continue assim pelos próximos 18 anos", declarou.

Percepção no mercado – No setor comercial, Cláudio Cunha, presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), avaliou que a Rádio Metrópole exerce influência decisiva no segmento. “A maioridade chegou, mas a Metrópole já nasceu com um projeto maduro, de confiança e credibilidade com os ouvintes”, acredita.

Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban também parabenizou a emissora e desejou vida-longa à Metrópole. “Com muita alegria a gente vê o sucesso de todos vocês, colaborando com as informações, levando as notícias e o mais importante: levando o que é de bom da nossa Bahia. Me deixa muito, muito engrandecido ver o trabalho que vocês fazem. Continuem em frente!”, declarou, em entrevista ao portal.

Notícias relacionadas

[Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje]
Cidade

Vistoria do transporte escolar de Salvador começa hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 08:40 em Cidade

Segundo a Semob, o permissionário que não passar pela fiscalização até o dia 27 de setembro vai pagar multa de R$42,30 e ficará impedido de exercer a atividade