Cidade

Após Datafolha, PSB vê viabilidade em candidatura de Joaquim Barbosa

Antes resistente ao projeto de Barbosa, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, passou a considerar que o ex-ministro “se enquadra” no perfil de centro esquerda que o PSB quer e elogia a trajetória dele. Câmara convidou Barbosa para conhecer o modelo de gestão em Pernambuco. O governador, no entanto, é contra anunciar agora a pré-candidatura de Barbosa. [Leia mais...]

[Após Datafolha, PSB vê viabilidade em candidatura de Joaquim Barbosa]
Foto : Fellipe Sampaio/SCO/STF

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Abril de 2018 ⋅ 13:00

Dias após o Datafolha mostrar que o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa tem 10% das intenções de voto, o PSB já o considera virtual candidato do partido à Presidência da República. A resistência inicial a um projeto eleitoral encabeçado pelo ex-ministro foi superada internamente, de acordo com o Estadão.

Nos últimos meses, o ex-presidente do STF se manteve recolhido à espera de uma “segurança mínima” do PSB para ingressar no partido. O processo de filiação superou desconfianças mútuas e o ritual do lançamento de Barbosa já está em preparação. Ele deve se reunir na quinta-feira, em Brasília, com a cúpula e líderes da sigla para discutir um calendário de viagens pelos estados.

Antes resistente ao projeto de Barbosa, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, passou a considerar que o ex-ministro “se enquadra” no perfil de centro-esquerda que o PSB quer e elogia a trajetória dele. Câmara convidou Barbosa para conhecer o modelo de gestão em Pernambuco. O governador, no entanto, é contra anunciar agora a pré-candidatura de Barbosa.

Notícias relacionadas