Cidade

Após ser assaltado na Colômbia, família de professor faz ʹvaquinhaʹ para ele voltar ao Brasil

Familiares do professor de inglês Adriano Gomes, de 24 anos, buscam ajuda para trazer o jovem de volta ao Brasil, depois dele ser assaltado na Colômbia.Uma "vaquinha" virtual foi criada para arrecadar R$ 3,5 mil e viabilizar seu retorno para casa. [Leia mais...]

[Após ser assaltado na Colômbia, família de professor faz ʹvaquinhaʹ para ele voltar ao Brasil]
Foto : Reprodução/TV Bahia

Por Tayane Rodrigues no dia 18 de Abril de 2018 ⋅ 15:50

Familiares do professor de inglês Adriano Gomes, de 24 anos, buscam ajuda para trazê-lo de volta ao Brasil, depois de ele ser assaltado na Colômbia. Uma "vaquinha virtual" foi criada para arrecadar R$ 3,5 mil e viabilizar o retorno para casa.

De acordo com a irmã Adriele Gomes, o jovem viajou em busca de melhores condições de vida e com objetivo de ajudar a família. No entanto, no fim do ano passado, acabou desempregado e, depois da escola em que trabalhava não pagar o combinado, deixou o Equador e foi para a Colômbia, com ajuda de amigos.

No novo país, Adriano foi assaltado e teve até mesmo o dinheiro para alimentação levado. “Ele ficou preso no banheiro. Os ladrões levaram todos os seus pertences. E ele ficou desesperado no natal. E foi um baque para mim e para minha mãe sabermos isso”, contou a irmã.

Adriele trabalha como folguista e a mãe deles estava desempregada até recentemente. “Ela conseguiu tirar as férias de uma menina como doméstica. Não temos condições para trazer Adriano de volta. Aí fomos nos grupos de WhatsApp falar com nossos amigos para saber se eles podiam nos ajudar. Pensamos em fazer bazar, fazer rifa, fazer tudo isso para trazer ele de volta", relatou.

Até o início da tarde da tarde de hoje (18), a "vaquinha" tinha arrecadado R$ 805.

Notícias relacionadas