Cidade

Rua Chile vai ter rebaixamento da rede elétrica e pavimentação em paralelepípedo

A intervenção faz parte do lote 2 do projeto, que inclui, além da área do Centro Histórico, os bairros do Dois de Julho, Nazaré e Politeama

[Rua Chile vai ter rebaixamento da rede elétrica e pavimentação em paralelepípedo]
Foto : Divulgação/ Conder

Por Metro1 no dia 11 de Maio de 2018 ⋅ 19:02

A Rua Chile, localizada no Centro Histórico de Salvador, vai passar por intervenções para requalificação da via. Maurício Mathias, gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador da Conder, se reuniu hoje (11) com o diretor do Hotel Fera Palace, Paulo Marques, para discutir o impacto e cronograma da obra.  

O serviço no trecho de 500 metros da rua prevê a construção de uma vala única, que consiste no rebaixamento da rede elétrica, iluminação e telecomunicações. Com isso, toda a fiação será transformada em subterrânea. Também está incluso no projeto a implantação da rede de gás e a pavimentação da via com paralelepípedos.

De acordo com Mathias, a expectativa é de que a obra seja iniciada em breve e dure quatro meses. “Hoje viemos alinhar o cronograma executivo da obra e articular ações que minimizem o impacto para os comerciantes e o principal empreendimento instalado na Rua Chile, que é o Hotel Fera Palace. A partir dessa obra, viabilizamos a implantação de uma infraestutura que até então não existia e retiramos a poluição visual dos imóveis tombados dessa região”, informou.

A intervenção faz parte do lote 2 do projeto, que inclui, além da área do Centro Histórico, os bairros do Dois de Julho, Nazaré e Politeama. Nesta etapa vão ser investidos R$ 42,9 milhões na recuperação de 89 vias. O investimento total na recuperação das ruas do Centro Antigo da capital baiana é de R$ 124 milhões e contempla mais de 270 vias. 

Notícias relacionadas