Cidade

Greve dos professores da rede municipal entra no terceiro dia sem previsão de encerrar

De acordo com a diretora da APLB, Elza Melo, a prefeitura suspendeu as negociações com a categoria

[Greve dos professores da rede municipal entra no terceiro dia sem previsão de encerrar]
Foto : Secom/PMS

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 13 de Julho de 2018 ⋅ 09:18

A greve dos professores da rede municipal de Salvador entrou hoje (13) no terceiro dia sem prazo para encerrar. De acordo com a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia, Elza Melo, a prefeitura suspendeu as negociações com a categoria.

“Hoje, vamos fazer visitar as escolas para constar se estão fechadas e fazer o convencimento dos companheiros sobre a greve. À tarde, teremos uma reunião do comando. Estamos na luta. Eles disseram que fecharam a negociação e não vão retomar até suspender a greve”, disse a sindicalista, em entrevista ao Metro1.

Elza Melo ainda rebateu a declaração do prefeito ACM Neto (DEM) de que a paralisação tem teor “político e partidário”. “O prefeito precisa mudar um pouco o discurso. É um discurso de pessoas que não compreendem o que é uma greve. O que é uma luta política. É ultrapassado dizer isso”, afirmou.

A categoria pede reajuste salarial, ampliação do auxílio-alimentação, mudança no nível dos docentes e eleição para gestor escolar, que deveria ter ocorrido desde o final do ano passado.

Notícias relacionadas