Cidade

Justiça decreta prisão de homem que matou Mestre Moa do Katendê

Paulo Sérgio Ferreira disse que o crime foi motivado por uma discussão política entre os dois

[Justiça decreta prisão de homem que matou Mestre Moa do Katendê]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Marina Hortélio no dia 10 de Outubro de 2018 ⋅ 15:00

O homem que confessou ter matado o Mestre Moa do Katendê foi preso de forma preventiva após audiência de custódia que ocorreu ontem (9).

No julgamento, Paulo Sérgio Ferreira disse que a motivação para o crime que levou a morte do capoeirista de 63 anos foi a discussão política entre ele, que apoia Bolsonaro, e Moa.

O corpo do Mestre Moa foi enterrado na tarde da última segunda-feira (8) no cemitério Quinta dos Lázaros, no bairro da Baixa de Quintas, em Salvador.

Notícias relacionadas

[Homem diz ter cometido 13 estupros em Salvador e RMS ]
Cidade

Homem diz ter cometido 13 estupros em Salvador e RMS

Por Juliana Almirante no dia 12 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

Segundo a polícia, ele oferecia as oportunidades de emprego, se passava pelo motorista de um suposto contratante, e dopava as mulheres, antes de cometer os crimes