Cidade

Familiares e amigos protestam contra morte de Moa do Katendê

Capoeirista foi assassinado após afirmar que era contra o presidenciável Jair Bolsonaro

[Familiares e amigos protestam contra morte de Moa do Katendê]
Foto : Reprodução/TV Bahia

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Outubro de 2018 ⋅ 08:00

Familiares e amigos fizeram, ontem (10), uma roda de capoeira em homenagem ao mestre Moa do Katendê, morto a facadas na madrugada de segunda (7) após uma discussão política, em Salvador. O grupo se reuniu no Centro Histórico para protestar e pedir justiça. 

Na tarde de ontem, a filha de Moa, Somanali Costa, prestou depoimento na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, no bairro da Pituba. À imprensa, ela descreveu o pai como uma pessoa calma, que não tinha envolvimento em brigas. 

O capoeirista foi assassinado após afirmar que era contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e que tinha votado no PT. O suspeito do crime foi preso na segunda e ontem sua prisão foi decretada pela Justiça.

Notícias relacionadas

[Homem diz ter cometido 13 estupros em Salvador e RMS ]
Cidade

Homem diz ter cometido 13 estupros em Salvador e RMS

Por Juliana Almirante no dia 12 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

Segundo a polícia, ele oferecia as oportunidades de emprego, se passava pelo motorista de um suposto contratante, e dopava as mulheres, antes de cometer os crimes