Cidade

Presidente da Ademi-BA vê 'expectativa positiva' em nomeação de Paulo Guedes no governo Bolsonaro

Em entrevista à Rádio Metrópole, Cláudio Cunha disse acreditar que o novo "superministério" da Economia vai contribuir para a resolução da crise financeira

[Presidente da Ademi-BA vê 'expectativa positiva' em nomeação de Paulo Guedes no governo Bolsonaro]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Juliana Rodrigues no dia 06 de Novembro de 2018 ⋅ 12:49

O presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Cláudio Cunha, afirmou, hoje (6), em entrevista à Rádio Metrópole, que a expectativa do segmento para o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) é positiva. Para ele, a criação do "superministério" da Economia, comandado por Paulo Guedes, pode contribuir para a resolução da crise financeira.

"Todos nós vemos com muita expectativa positiva, primeiro pelas propostas que vêm se colocando, principalmente em relação à redução do tamanho do Estado e da carga tributária. A gente acredita também, por ele estar com as duas pastas [Planejamento e Fazenda], que as decisões serão mais rápidas porque ele tem o planejamento e o caixa na mão. (...) A construção civil, como qualquer negócio, depende sempre de estabilidade política, econômica e de emprego", declarou.

Cunha ressaltou que a crise que atinge o país desde 2014 terminou por afetar o mercado de imóveis de luxo pela primeira vez. Ele apontou possíveis motivos para a ocorrência do fenômeno.

"As pessoas que compram imóveis de luxo são profissionais liberais ou são grandes executivos. Tivemos problemas no nosso setor para os grandes executivos que perderam seus empregos. E temos problemas quanto a uma necessidade das pessoas, que precisavam ter liquidez para investir na sobrevivência de suas empresas. Esse público também sentiu a crise", analisou.

O presidente da Ademi-BA ainda falou sobre o Salão Imobiliário, que começa amanhã (7) e vai até este domingo (11) no Salvador Shopping. Segundo ele, a entidade atua diretamente para garantir boas condições de financiamento para os consumidores.

"Nós fazemos com os associados uma reunião para que todos entrem com condições diferenciadas das oferecidas nos seus pontos de venda, para que tenham um atrativo maior para quem busca um imóvel, e trazemos as instituições financeiras que operam no crédito imobiliário, para que a pessoa possa fazer a aquisição do seu imóvel com conforto e segurança", disse.

Notícias relacionadas