Cidade

'Foi natural receber críticas', diz diretor sobre primeira etapa de obras no aeroporto

Júlio Ribas avalia que a rede Vinci passou a gerir o terminal em um cenário de grande expectativa para os passageiros

['Foi natural receber críticas', diz diretor sobre primeira etapa de obras no aeroporto]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 17 de Abril de 2019 ⋅ 09:19

O diretor do Aeroporto Internacional de Salvador, Julio Ribas, disse, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta quarta-feira (17), que recebeu com naturalidade as críticas de passageiros diante de transtornos causados pelas primeiras intervenções feitas na gestão da rede Vinci Airports, que começou um projeto no terminal há um ano. 

"Na primeira etapa, foi muito natural receber várias críticas, porque as pessoas falavam: 'Tá quebrado, tá isso aqui. Hoje está quente'. (...) Por exemplo, o ar condicionado, quando a gente ia passar os dutos, a gente tinha que desligar o ar e ficava quente. Aí vinha aquele trauma, as pessoas perguntavam se as obras iam parar. Não vai parar nada", esclareceu. 

Ele avalia que a empresa passou a gerir o aeroporto em um cenário de grande expectativa, diante do atraso das obras, administrado pela Infraero, que já aconteciam no terminal.

"Havia grande expectativa, de obras que começavam e não terminavam. É uma obra muito grande, que abrange pista e coisas que passageiros não veem, como sistema de incêndio e sistema elétrico, embarques, elevadores. Por consequência, a gente desmontou o aeroporto todo para depois remontar", explica.

O diretor do aeroporto disse ainda que o setor de embarque vai passar a funcionar no segundo pavimento porque, no primeiro, não havia espaço suficiente. 

"Embaixo não tinha espaço, era estrangulado. Quem chegar vai ter um salão enorme de embarque, com nove máquinas de raio-x - eram seis no anterior-, depois vai passar por área que está quase pronta de lojas", afirmou. 

Segundo ele, o prazo de conclusão de todas as obras é 31 de outubro deste ano.

Notícias relacionadas

[Ufba fica sem luz após roubo de cabos]
Cidade

Ufba fica sem luz após roubo de cabos

Por Kamille Martinho no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 14:20 em Cidade

Assessoria da universidade afirma que novo material já está sendo providenciado