Cidade

Salvador passa a ter 30 intérpretes para alunos com deficiência auditiva

Projeto com intérpretes em Libras foi lançado pelo vice-prefeito

[Salvador passa a ter 30 intérpretes para alunos com deficiência auditiva]
Foto : Divulgação/SecomPMS

Por Catarina Lopes no dia 25 de Abril de 2019 ⋅ 16:20

A partir de hoje (25), alunos do grupo 5 até o 6° ano do Ensino Fundamental na rede municipal podem ter o apoio de 30 intérpretes em Libras, facilitando a comunicação de jovens com deficiência auditiva com a equipe escolar e os colegas. A iniciativa, lançada pelo vice-prefeito Bruno Reis e pelo secretário de Educação Bruno Barral, tem como objetivo garantir a permanência destes alunos no ambiente escolar.

"Com esse programa, os alunos vão poder estudar de forma adequada, tendo acesso a um ensino público, gratuito e de qualidade", afirmou o vice-prefeito. Os jovens que terão esse acompanhamento profissional já são atendidos também na Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos (Apada) e na Associação Educacional Sons no Silêncio (Aesos).

Notícias relacionadas