Cidade

Salvador é exemplo na América Latina em redução de mortes no trânsito, diz Opas

Texto que cita a capital baiana como modelo foi publicado no site da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), entidade ligada à ONU

[Salvador é exemplo na América Latina em redução de mortes no trânsito, diz Opas]
Foto : Divulgação

Por Kamille Martinho no dia 07 de Maio de 2019 ⋅ 16:20

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), entidade ligada à ONU, destacou Salvador como um dos três exemplos na América Latina de redução de mortes no trânsito. O texto foi publicado no site da entidade, como parte da Quinta Semana Global de Segurança no Trânsito das Nações Unidas, que ocorre entre os dias 6 e 12 de maio.

Além de Salvador, a agência internacional cita apenas a cidade de Guanajuato, no México, e o país do Uruguai por terem reduzido, consideravelmente, a mortalidade no trânsito. O resultado, segundo apontou a agência, foi a redução de 54% dos acidentes fatais, visto que, em 2017, foram registrados 121 ocorrências desse tipo, contra 266 em 2010.

O projeto Vida no Trânsito, que atualmente é coordenado pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), foi elogiado pela Opas por realizar um trabalho conjunto. A estratégia inclui avaliação e qualificação de dados, inclusão da questão da saúde nas discussões sobre o trânsito, a melhoria na infraestrutura para proteger usuários mais vulneráveis, o investimento em ações para combater o álcool no trânsito e o desenvolvimento de programas de educação infantil.

“Sabemos que, muitas vezes, a população reage quando é fiscalizada, mas o nosso foco principal é preservar vidas. Nosso interesse não é arrecadar, tanto que o resultado está aí. Isso mostra que os condutores estão se conscientizando cada vez mais”, afirma o superintendente Fabrizzio Muller.

Notícias relacionadas