Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

Empresa de armas suspeita de sonegar mais de R$ 50 mi é alvo de operação

Ação cumpre seis mandados de busca e apreensão em Salvador, expedidos pela 1ª Vara Criminal

[Empresa de armas suspeita de sonegar mais de R$ 50 mi é alvo de operação]
Foto : Arquivo / Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 27 de Novembro de 2019 ⋅ 08:00

Uma empresa do ramo de venda de armas e munições acusada de dever mais R$ 50 milhões aos cofres públicos é alvo de operação deflagrada na manhã de hoje (27), pelo Ministério Público estadual, pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), e pela Polícia Civil do Estado da Bahia.

Com o nome de "Operação Enyo”, a ação cumpre seis mandados de busca e apreensão em Salvador, expedidos pela 1ª Vara Criminal.

A empresa era monitorada desde 2016 pelo trânsito de mercadorias e já havia sido autuada e notificada inúmeras vezes pela falta de recolhimento de impostos em suas operações comerciais de armas e munições.

A dívida chega hoje a R$ 50,12 milhões, contando apenas com operações registradas pelos sistemas da Sefaz. O recurso não reflete ainda o verdadeiro montante devido pelo contribuinte, já que as saídas de mercadorias eram por meio de notas fiscais emitidas manualmente, fora do controle eletrônico da fiscalização.

Além disso, a empresa também é suspeita de comercialização sem emissão de documento fiscal, mercadoria sem comprovação de origem e uso de “laranjas”.  

Participam da operação cinco promotores de Justiça, cinco delegados de polícia, 12 servidores da Sefaz, 18 policiais civis, dois servidores da Polícia Fazendária, além de uma frota de viaturas.

Notícias relacionadas