Cidade

Equipe da UFBA ganha prêmio em concurso de soluções tecnológicas da Nasa

'Cafeína' elaborou um equipamento que coleta microplásticos no oceano

[Equipe da UFBA ganha prêmio em concurso de soluções tecnológicas da Nasa]
Foto : Divulgação/Redes Sociais

Por Luciana Freire no dia 24 de Janeiro de 2020 ⋅ 19:00

Duas equipes de brasileiros ganharam prêmios no concurso da Agência Nacional de Espaço e Aeronáutica dos Estados Unidos (NASA) de desenvolvimento de aplicativos. A equipe Cafeína, formada por estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA), venceu a categoria de melhor uso de equipamentos (hardware).

O desafio apresentado pela organização do evento envolvia criar uma solução para reduzir o lixo depositados nos mares de todo o planeta. A equipe Cafeína é formada por três estudantes do curso de Administração - Antônio Rocha, Pedro Dantas e Genilson Brito -, por um do curso de Engenharia Química - Ramon de Almeida - e pelo desenvolvedor de sistemas Thiago Barbosa.

Os alunos criaram um protótipo chamado de “OceanRide”. O equipamento coleta microplásticos no oceano, que são comidos por peixes, levando à morte desses animais. O objeto pode ser acoplado a qualquer barco, facilitando sua operação. O aparelho utiliza o princípio de um gerador denominado Van Der Graff, atraindo as partículas a partir de uma corrente eletrostática, funcionando de forma parecida a um imã. A substância coletada é guardada em um contêiner.

Do ponto de vista econômico, os autores acreditam que ele seria de exploração comercial viável, uma vez que criaria lucros adicionais para empresas de navegação e permitiria uma iniciativa mais barata de promoção da sustentabilidade nos oceanos, o que pode ser aproveitado por qualquer empresa como um benefício de imagem.

A equipe Massa, formada por desenvolvedores e gestores de startups de São Paulo, criou o sistema apelidado de Poseidon. Ele utiliza imagens de satélite, inteligência artificial e redes neurais para identificar vazamentos de óleo no oceano.

Notícias relacionadas