Cidade

Bancos na Calçada e em Paripe são interditados após descumprirem decreto de distância entre clientes

Na semana passada, a prefeitura decretou que os bancos precisam organizar filas para os clientes, mantendo distância mínima de um metro e meio entre eles

[Bancos na Calçada e em Paripe são interditados após descumprirem decreto de distância entre clientes]
Foto : Cid Vaz/TV Bahia

Por Kamille Martinho no dia 08 de Abril de 2020 ⋅ 14:00

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) interditou duas agências bancárias de Salvador na manhã de hoje (8), após flagrarem os clientes muito próximos uns dos outros, enquanto esperavam por atendimentos. Na semana passada, a prefeitura decretou que os bancos precisam organizar filas para os clientes, mantendo uma distância mínima de um metro e meio entre eles, como medida para combater o Covid-19.

As interdições aconteceram nos bairros da Calçada e em Paripe. Em ambas, o problema estava do lado de fora do banco. 

“É uma responsabilidade total dos bancos fazer isso. Os bancos são que têm os correntistas, que têm os clientes, são eles que repassam os dinheiro. Então eles que têm que se organizar ao decreto que está em vigência", disse o diretor da Sedur, Átila Brandão Júnior. "Não adianta chegar com o discurso que o interno está organizando. O cliente dele vai ser atendido internamente, mas vai esperar do lado de fora. O banco tem que se adequar", completou.

Notícias relacionadas