Cidade

CEO do Fera Palace diz que hotéis podem ter prejuízo se reabrirem em agosto

Para Antonio Mazzafera, a retomada deve ser esperada para dezembro

[CEO do Fera Palace diz que hotéis podem ter prejuízo se reabrirem em agosto]
Foto : Reprodução / Licia Fabio

Por Luciana Freire no dia 20 de Maio de 2020 ⋅ 20:11

O CEO do Fera Palace Hotel, Antonio Mazzafera, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (20) se disse preocupado com o retorno da atividade da rede hoteleira diante da pandemia do novo coronavírus. Para ele a retomada deve ser esperada para dezembro, quem se arriscar com a reabertura em junho, julho ou agosto "terá prejuízo".

"Nós estamos negociando com alguns bancos para ver se conseguimos algum capital de giro para a gente conseguir manter as atividades abertas e retomar operação em dezembro. Eu acho que todos deveríamos ficar preocupados tem muita gente otimista e acha que abre em junho, julho ou agosto eu acho difícil, acho que abrir nesse período ainda fica uma ocupação muito baixa e tem prejuízo", afirmou Mazzafera.

O CEO ainda elogiou a gestão do governo do Estado da Bahia e da Prefeitura de Salvador, que obtém êxito em conter o aumento da taxa de transmissão.

"Sobre o achatamento da curva [de transmissão da Covid-19] em Salvador, nesse quesito eu tenho que tirar o chapéu para o governador Rui Costa e para o prefeito ACM Neto que trabalharam juntos para que isso fosse contido na Bahia. E graças a Deus pelo nível social da Bahia nós somos um estado pobre, temos muitas pessoas carentes, muitas pessoas que dependem do bolsa família e nós conseguimos manter essa curva achatada, diferentemente lá do Amazonas, do Ceará, Pernambuco, até mesmo aqui em São Paulo”, concluiu.

Notícias relacionadas