Cidade

Prefeito estende proibição de academias, shoppings e praias em Salvador até o fim do mês

Decisão foi tomada pelo prefeito ACM Neto nesta segunda-feira

[Prefeito estende proibição de academias, shoppings e praias em Salvador até o fim do mês]
Foto : Max Haack/Secom PMS

Por Lara Curcino no dia 15 de Junho de 2020 ⋅ 11:11

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou a prorrogação, até o dia 30 de junho, da suspensão das aulas do ensino público e privado, além das atividades de centros comerciais e shoppings, cuja abertura vinha sendo cogitada na última semana. Estes só podem funcionar em modelo drive-thru, já pré-estabelecido. 

“Houve muita especulação de que a Prefeitura poderia liberar atividade de shoppings nesta semana. Como é que com a taxa de ocupação de leitos de UTI em 84% eu posso liberar? Não posso”, afirmou o prefeito. 

Fica proibido também funcionamento de academias, cinemas, teatros, demais casas de espetáculo e parques públicos, clubes, praias e comércio nas praias, comércio de rua, salões de beleza, casas de show e boates. Restaurantes, bares e lojas de conveniência de postos de gasolina podem funcionar somente no modelo de retirada ou delivery. 

Segue ainda a limitação de público para no máximo 50 pessoas e distância de 1,5m entre os presentes e a redução de 30% no número de funcionários de empresas de call center. Também continua a proibição de qualquer tipo de emissão sonora em locais públicos, bem como suspensão da exigência de pagamento para estacionar em áreas de Zona Azul.

Continuam fechados os mercados municipais que não comercializam produtos essenciais e ficam mantidas as restrições para os estabelecimentos de  Apesar disso, o prefeito anunciou uma novidade: óticas de rua poderão voltar a abrir.

Notícias relacionadas