Cidade

Após reunião de Neto com Onyx, Salvador aceita recursos para executar ações socioassistenciais

O benefício já foi aceito por 4.971 municípios. Isso totaliza um repasse de mais de R$ 818,7 milhões. As informações são do monitoramento diário realizado pela Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS)

[Após reunião de Neto com Onyx, Salvador aceita recursos para executar ações socioassistenciais]
Foto : Divulgação / Roberto Tenório

Por João Brandão no dia 24 de Junho de 2020 ⋅ 16:05

Após o prefeito de Salvador, ACM Neto, ter uma reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, na última semana, em Brasília, a prefeitura da capital baiana aderiu à portaria nº369, de 29 de abril de 2020, que dispõem sobre o repasse financeiro emergencial de recursos federais para a execução de ações socioassistenciais e estruturação da rede do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), durante o combate à pandemia de Covid-19.

O benefício já foi aceito por 4.971 municípios. Isso totaliza um repasse de mais de R$ 818,7 milhões. As informações são do monitoramento diário realizado pela Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS).

A transferência de recursos do cofinanciamento federal é destinada à compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), alimentos para pessoas acolhidas e para ações socioassistenciais, estruturando o Sistema Único de Assistência Social (Suas) nos estados e municípios. O repasse emergencial foi estabelecido pela Portaria nº 369 e faz parte do crédito extraordinário de R$ 2,5 bilhões liberados pelo Governo Federal para o Suas por meio da Medida Provisória nº 953.

Notícias relacionadas