Cidade

Presidiário do Complexo da Mata Escura comandava 30% dos roubos a veículos

Segundo a SSP-BA, detento dava ordens de quais veículos deveriam ser roubados

[Presidiário do Complexo da Mata Escura comandava 30% dos roubos a veículos]
Foto : Rafael Rodrigues / SSP-BA

Por Metro1 no dia 16 de Setembro de 2020 ⋅ 13:20

Uma operação conjunta entre as Secretarias da Segurança Pública (SSP-BA) e de Administração Penitenciária (Seap) identificou um presidiário que comandava 30% dos roubos de veículos em Salvador.

A ação, batizada de 'ZapCar', foi deflagrada ontem (15) em celas do prédio principal do presídio de Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, ocupadas por líderes de uma quadrilha responsável por comandar os delitos. Foram apreendidos dez celulares, acessórios e uma faca, segundo a SSP-BA.

De acordo com o coordenador de Inteligência Prisional da Seap, Cyro Freitas, os detentos, que já estão presos pelo mesmo delito, indicavam os veículos a serem roubados para serem fraudados e depois comercializados como lícitos através de aplicativos de mensagens.

O comandante de Policiamento Especializado (CPE), coronel Sérgio Freire, revelou que, em agosto, um comparsa da quadrilha foi alcançado por equipes da Operação Apolo enquanto fazia uma chamada de vídeo com o preso.  “Ele pegava orientações sobre o destino que deveria dar para veículo roubado”, detalhou.

Além dos 10 aparelhos telefônicos, as equipes também localizaram duas baterias, cinco carregadores, seis fones, dois USB, uma faca e anotações diversas.

Os presidiários foram transferidos para uma unidade com maior segurança para recebimento de presos de alta periculosidade.

Notícias relacionadas