Cultura

Terreiro Tumba Junsara é tombado como Patrimônio Cultural Brasileiro

Tombamento foi determinado ontem pelo Iphan durante reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural

[Terreiro Tumba Junsara é tombado como Patrimônio Cultural Brasileiro]
Foto : Carolina di Lello / Divulgação

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 11:40

O terreiro Tumba Junsara, que fica no Engenho Velho de Brotas, em Salvador, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Brasileiro. A casa, que já era reconhecida como Patrimônio Histórico do Estado da Bahia, agora recebe titulação nacional.

O tombamento foi determinado durante reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, no Rio de Janeiro, em decisão unânime. De acordo com o Iphan, o templo, que foi fundado em 1919, está entre os mais antigos de tradição da Angola no Brasil.

A primeira sede do Tumba Junsara foi instituída em Santo Amaro, no Recôncavo baiano, e em seguida o terreiro foi transferido para Salvador. No entanto, foi só em 1938 que foi instalado no endereço atual, na Ladeira da Vila América. 

Além do Tumba Junsara, outros terreiros estão localizados no Engenho Velho de Brotas. Alguns deles, como o Oxumaré, já foram tombados pelo Iphan.

Notícias relacionadas