Cultura

Acusado de homofobia, ator desiste de apresentar cerimônia do Oscar 2019

Kevin Hart usou as mesmas redes sociais que o denunciaram para declarar: “Desculpa por ter machucado as pessoas... Estou evoluindo e quero continuar"

[Acusado de homofobia, ator desiste de apresentar cerimônia do Oscar 2019]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 07 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:50

O ator e humorista Kevin Hart, que já tinha confirmado sua presença como apresentador da cerimônia do Oscar 2019, comunicou na madrugada desta sexta-feira (7) que desistiu de ser anfitrião da premiação. A decisão se dá após ele ser acusado de homofobia, por causa de uma série de publicações antigas - de 2009 e 2011 - em sua conta no Twitter.

Em uma das postagens Hart diz que se um filho seu quisesse brincar com uma casa de bonecas iria "quebrá-la na cabeça dele e dizer 'pare, isso é gay'". Após a polêmica gerada, o ator apagou as mensagens conflituosas e anunciou que não apresentaria mais a cerimônia do Oscar. "Eu não quero ser uma distração em uma noite que deveria ser celebrada por tantos artistas talentosos incríveis. Eu sinceramente peço desculpas à comunidade LGBTQ pelas minhas palavras insensíveis do passado", escreveu. 

E por fim: “Desculpa por ter machucado as pessoas... Estou evoluindo e quero continuar a fazer isso. Meu objetivo é unir as pessoas e não nos separar. Muito amor e apreço pela Academia. Espero que possamos nos encontrar novamente”.

Notícias relacionadas