Cultura

O Fotógrafo da Ventania: Exposição reúne imagens de Salvador por Adenor Gondim

A mostra é organizada pela pesquisadora pernambucana Cláudia Ad Lima, que defendeu tese de doutorado sobre o artista

[O Fotógrafo da Ventania: Exposição reúne imagens de Salvador por Adenor Gondim]
Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 10 de Outubro de 2019 ⋅ 09:50

Um dos maiores guardiões da memória visual do Recôncavo baiano, incluindo sua capital, Adenor Gondim é o tema da exposição organizada pela pesquisadora pernambucana Cláudia Ad Lima, e que será aberta no dia 26 de outubro, às 16h, no Palacete das Artes (Graça). Intitulada "A Salvador de Adenor Gondim, o Fotógrafo da Ventania", a mostra reúne 10 imagens de autoria dele e textos poético-descritivos da curadora.

A exposição marca a retomada das ações do Projeto Narradores do Recôncavo, da Uneb/Campus V e o encerramento do III Colóquio de Fotografia da Bahia, coordenado pela Faculdade de Belas Artes da Ufba. É também a forma de divulgação da tese de doutorado de Cláudia Lima, que tematiza o trabalho do fotógrafo e sua relação com a cidade de São Salvador da Baía de Todos-os-Santos. 

Nesta quinta-feira (10), acontece ainda a roda de conversa "Adenor Gondim - o Fotógrafo da Ventania e sua Estética Libertária", às 17h, na biblioteca do Museu de Arte da Bahia. Com entrada gratuita, o bate-papo também terá como gancho a tese de doutorado de Cláudia. Para ela, a "obra eclética" de Adenor "perpassa alguns importantes movimentos artísticos e técnicos fotográficos, ao mesmo tempo documental e abstrato, que tem como marca a reapresentação de cenários de resistência das manifestações autênticas da população da cidade, com isso, vem solidificando um vasto acervo fotográfico, histórico e memoriográfico de sua população".

Natural de Ruy Barbosa, na Chapada Diamantina, Adenor Gondim tem 69 anos e é um dos mais importantes fotógrafos brasileiros. Já expôs em alguns dos mais prestigiosos espaços de arte, incluindo a Pinacoteca do Estado de São Paulo (Pina) e o Ashmolean Museum of Art and Archaeology (Oxford, Inglaterra). Sua obra, de forte caráter humanista, registra como poucas as manifestações populares da Bahia. 

Notícias relacionadas

['Rebanho' da mostra CowParade ocupa as ruas de Salvador]
Cultura

'Rebanho' da mostra CowParade ocupa as ruas de Salvador

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Outubro de 2019 ⋅ 14:48 em Cultura

Sessenta esculturas de vacas em tamanho real, feitas em fibra de vidro, ganharam cores e texturas e foram distribuídas por diversos pontos da cidade