Cultura

Oxalá de Mário Cravo Jr. é restaurado e volta a ser exposto

A obra, que sofreu vandalismo no início do ano, no edifício sede dos Correios (Pituba), estará em exposição da Casacor Bahia

[Oxalá de Mário Cravo Jr. é restaurado e volta a ser exposto]
Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 22 de Outubro de 2019 ⋅ 09:43

O Oxalá de Mário Cravo Júnior, escultura que sofreu ações de vandalismo em janeiro deste ano, no edifício sede dos Correios (Pituba), foi recuperado e estará em exposição na Casacor Bahia, evento que acontece a partir de hoje (22) e segue até o dia 8 de dezembro no Horto Florestal.

A peça, com 3m20, que ficava na área externa do prédio, junto a outras duas representações de orixá (Exu e Iemanjá), teve a recuperação executada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), sob coordenação do artista e servidor João Moura. 

Após o vandalismo, o conjunto escultórico foi doado ao Estado. O trabalho realizado no Oxalá incluiu a reconstrução da cabeça, do braço direito e das vigas estruturais, além do jateamento de areia (retirada da camada oxidada na superfície da escultura) e recomposição de parte dos adereços e vestimentas.

No ano passado, um abaixo-assinado virtual, que ganhou adesão de artistas e intelectuais da cidade, pedia o tombamento das obras. O texto do documento afirmava que: "O conjunto escultórico encomendado pela empresa Correios é o que de mais belo realizou Mário Cravo para a cidade de Salvador. O próprio artista reconheceu ser o Exu dos Correios a obra 'mais importante que fez em sua vida'".   

Notícias relacionadas