Cultura

TV paga e internet são 60% dos gastos das famílias baianas com cultura, diz IBGE

Segundo dados divulgados nesta quinta (5), famílias baianas gastam em média quase R$ 203 com cultura por mês

[TV paga e internet são 60% dos gastos das famílias baianas com cultura, diz IBGE]
Foto : Pixabay

Por Metro1 no dia 05 de Dezembro de 2019 ⋅ 14:40

Em 2018, as famílias baianas gastaram, em média, R$ 202,95 por mês com produtos e serviços ligados à cultura, o que correspondia a 7,0% da despesa mensal total de consumo (estimada em R$ 2.906,56). Desta forma, a cultura era o quinto grupo de gastos de consumo mais importante no estado, de um total de 11, ficando atrás de habitação (28,2% das despesas de consumo), alimentação (21,6%), transporte (15,9%) e assistência à saúde (8,7%). Os dados são da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado da Bahia é semelhante à média nacional. No ano passado, o gasto médio mensal das famílias brasileiras com cultura representava 7,5% das despesas de consumo, o que significava uma despesa mensal de R$ 282,86 num total de R$ 3.764,51. Era também o quinto grupo mais importante. Na comparação com os demais estados, a Bahia tinha a 15ª maior despesa média mensal de consumo, mas apenas a 17ª maior despesa com cultura.

Dentre os gastos das famílias com cultura, os mais importantes (com maior valor e participação no total) eram aqueles com serviço de TV por assinatura e Internet, que consumiam mensalmente, em média R$ 115,05 na Bahia, o que representava quase 60% das despesas com cultura no estado (56,7%). Em seguida vinham os gastos com atividades de cultura, lazer e festas: R$ 27,6 por mês, em média, o que equivalia a 13,6% das despesas culturais realizada pelas famílias baianas.

No outro extremo, os gastos culturais menos relevantes para as famílias baianas eram aqueles com reprodução de material gravado (R$ 0,62 por mês, 0,3% da despesa cultural), com instrumentos e atividade musical (R$ 1,78 ou 0,9% a despesa com cultura) e educação profissional e atividades de ensino (R$ 3,15 ou 1,6%).

Notícias relacionadas

[Filme sobre Adoniram Barbosa chega hoje aos cinemas]
Cultura

Filme sobre Adoniram Barbosa chega hoje aos cinemas

Por James Martins no dia 23 de Janeiro de 2020 ⋅ 10:25 em Cultura

“Adoniran – Meu Nome é João Rubinato" traz imagens raras do compositor de "Trem das Onze" e depoimentos de nomes como Elis Regina