Cultura

Mesmo com crise no mercado de livros, editor da Caramurê aposta em valores humanos como missão

Objetivo da editora é oferecer ao leitor um livro pelo prazer, para quem tem o desejo de se apaixonar pelo conhecimento

[Mesmo com crise no mercado de livros, editor da Caramurê aposta em valores humanos como missão]
Foto : Alexandre Galvão/ Metropress

Por Juliana Almirante no dia 13 de Dezembro de 2019 ⋅ 09:17

O artista plástico e editor da Caramurê, Fernando Oberlaender, declarou hoje (13), em entrevista à Rádio Metrópole, que a empresa acredita em valores como direitos humanos como missão, mesmo diante das dificuldades do mercado editorial.  

“Temos uma missão, acreditamos em valores como direitos humanos. Acho que literatura é esperança. Então a gente aposta tudo nesse modelo. Claro que, diante desse modelo, a gente vai se ajustar às condições do mercado”, afirmou.

Para ele, o objetivo da editora é oferecer ao leitor um livro pelo prazer, para quem tem o desejo de se apaixonar pelo conhecimento. 

Uma das coleções lançadas pela Caramurê foi uma série de obras que contam histórias ficcionais, com dados biográficos de personalidades baianas como Irmã Dulce e Gregório de Mattos. As vendas de livros são online e em um balcão do shopping Barra.

Notícias relacionadas

[Nação Zumbi anuncia álbum de inéditas para 2020]
Cultura

Nação Zumbi anuncia álbum de inéditas para 2020

Por James Martins no dia 21 de Janeiro de 2020 ⋅ 12:05 em Cultura

O último disco da banda pernambucana tem apenas releituras de clássicos como "Refazenda", de Gilberto Gil, e "Ashes to Ashes", de David Bowie