Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cultura

Morre Evaldo Gouveia, autor de clássicos como 'Brigas' e 'Alguém Me Disse'

O compositor tinha 91 anos e foi vítima do coronavírus

[Morre Evaldo Gouveia, autor de clássicos como 'Brigas' e 'Alguém Me Disse']
Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 30 de Maio de 2020 ⋅ 21:02

Morreu nesta sexta-feira (29), o compositor Evaldo Gouveia. Autor de grandes clássicos da música brasileira, como "Alguém Me Disse", "Brigas" e "Sentimental", o cearense de Orós tinha 91 anos e foi vítima do coronavírus. Ele estava internado em um hospital em Fortaleza, para onde retornara em 2017, após sofrer um AVC no Rio de Janeiro.

Autor de mais de 1.200 canções, Gouveia formou com o capixaba Jair Amorim (1915-1993) uma dupla infernal. Gravado por nomes como Nelson Gonçalves, Gal Costa, Noite Ilustrada, Altemar Dutra, Wilson Simonal, Fafá de Belém, Alaíde Costa e Maysa, entre outros, ele também era cantor e fez parte do trio Nagô, com Epaminondas Souza e Mário Alves.

Foi homenageado ainda em vida dando nome a uma rua em Iguatu, também no Ceará, cidade onde passou a juventude e onde trabalhou como feirante. Por ocasião de sua morte, a escola de samba Portela emitiu uma nota de pesar e lembrou os dois sambas-enredo que ele compôs para a agremiação: "O Mundo Melhor de Pixinguinha", em 1974, "Mulher à Brasileira", em 1978.

Notícias relacionadas