Cultura

'Eles têm um prestígio que ela não tem', diz Liminha sobre Mutantes e Rita Lee

"Mutantes tem um prestígio que, se a Rita soubesse, ela ia capitalizar em cima disso e ia juntar...", disse o músico que fez parte da banda

['Eles têm um prestígio que ela não tem', diz Liminha sobre Mutantes e Rita Lee]
Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 04 de Setembro de 2020 ⋅ 16:41

Liminha, um dos mais prestigiados músicos e produtores do país, fez uma retrospectiva de sua carreira em entrevista ao canal Kazagastão, do apresentador Gastão Moreira, no YouTube. Ao comentar sua passagem pelos Mutantes, ele disse que a ficha só caiu mesmo, a respeito da importância do grupo, a partir de 2010, quando observou a influência exercida sobre os artistas contemporâneos.

No mesmo trecho da entrevista, o co-autor de "Top-Top" declarou: "Mutantes tem um prestígio que, se a Rita soubesse, ela ia capitalizar em cima disso e ia juntar... em vez de ela... Claro que a carreira solo dela é maravilhosa! Mas, ela devia agregar isso, sabe? Porque realmentes eles têm um prestígio que ela não tem".

Sobre sua saída da banda, Rita escreveu em sua autobiografia, lançada em 2016, que um belo dia Arnaldo Baptista, com quem também teve um relacionamento amoroso, chegou e lhe disse: "A gente resolveu que a partir de agora você está fora dos Mutantes porque nós resolvemos seguir na linha progressiva-virtuose, e você não tem calibre como instrumentista". E completou: "Uma escarrada na cara seria menos humilhante".

Outras revelações importantes da entrevista são: Liminha prepara seu primeiro disco, ele que, além de tocar, produziu verdadeiros clássicos da música brasileira como "Cabeça Dinossauro", dos Titãs, "Raça Humana", de Gil, e "Da Lama ao Caos", de Chico Science & Nação Zumbi. E também está no forno uma autobiografia do artista. Assista:  

Notícias relacionadas