Quinta-feira, 30 de junho de 2022

Economia

Prévia da inflação de maio desacelera no Brasil; Salvador vai na contramão e apresenta aumento

No cenário nacional, a energia elétrica foi quem puxou a queda do IPCA-15. Mas em Salvador, a queda no valor da energia foi mais suave

Prévia da inflação de maio desacelera no Brasil; Salvador vai na contramão e apresenta aumento

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 24 de maio de 2022 às 10:03

Após quatro meses de altas consecutivas, a prévia da inflação (IPCA-15) para o mês de maio desacelerou para 0,59%, de acordo com o resultado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira (24). 

Tendo caído 14,09%, a energia elétrica foi quem puxou a queda, já que todos os outros grupos de produtos e serviços pesquisados apresentaram aumento nos preços, exceto habitação (-3,85%). 

A queda na tarifa de energia ocorreu após a retomada da cobrança da bandeira verde, em 16 de abril. A maior variação foi vista em Curitiba, com queda de - 17,62% na cobrança da energia elétrica. 

Em Salvador, essa queda no valor da energia elétrica foi mais suave (- 4,82%), tendo em vista que a capital baiana também passou por um reajuste tarifário de 20,97%.

Em maio, a prévia da inflação em Salvador seguiu um rumo diferente do índice no cenário nacional. Na capital baiana, o IPCA-15 acelerou em 1,15%. Vestuário e itens de saúde e higiene pessoal foram os grupos que apresentaram o maior aumento para o mês. 

Para o cálculo do IPCA-15, os preços foram coletados no período de 14 de abril a 13 de maio de 2022 e comparados com aqueles vigentes de 17 de março a 13 de abril de 2022. 

Prévia da inflação de maio desacelera no Brasil; Salvador vai na contramão e apresenta aumento - Metro 1