Economia

Juro do cheque especial chega em 293,9% em fevereiro, diz Banco Central

Dados divulgados pelo Banco Central, nesta terça-feira (29), indicaram que os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cheque especial alcançaram a marca de 293,9% ao ano em fevereiro. [Leia mais...]

[Juro do cheque especial chega em 293,9% em fevereiro, diz Banco Central]
Foto : Fotos Públicas

Por Gabriel Nascimento no dia 29 de Março de 2016 ⋅ 11:31

Dados divulgados pelo Banco Central, nesta terça-feira (29), indicaram que os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cheque especial alcançaram a marca de 293,9% ao ano em fevereiro. É o maior patamar desde julho de 1994, quando os juros médios cobrados nessa categoria tinham a mesma porcentagem. Nesta linha de crédito, os juros cobrados pelos bancos tiveram aumento de 1,6 ponto percentual no último mês, pois somavam 292,3% ao ano em janeiro.

Nos últimos 12 meses, a alta foi de 79,7 pontos percentuais – estavam em 214,2% ao ano em fevereiro de 2015. De acordo com analistas, essa é uma das taxas de juros mais caras do mercado e só deve ser utilizada em momentos de emergência e por um prazo curto.

Para os cartões de crédito rotativo os juros são ainda maiores. O Banco Central informou que os juros médios cobrados pelos bancos nestas operações, somaram 447,5% ao ano em fevereiro, o número mais alto da série histórica, iniciada em março de 2011. No mês passado, o aumento foi de 8 pontos percentuais e, nos últimos doze meses, foi de 104,8 pontos percentuais.

Junto com o cheque especial, os juros do cartão de crédito rotativo são os mais caros do mercado. Economistas recomendam que os clientes bancários paguem toda a sua fatura do cartão no vencimento, não deixando saldo devedor, e que evitem ainda utilizar o cheque especial o máximo possível.

Notícias relacionadas