Economia

Inflação dos últimos 12 meses é mais alta desde 2003

A inflação dos últimos doze meses totaliza alta de 9,25%, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Marcos Santos/ USP Imagens

Por Juliana Almirante no dia 22 de Julho de 2015 ⋅ 12:56

A inflação dos últimos doze meses totaliza alta de 9,25%, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em julho, a prévia da inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor ficou em 0,59%, a mais elevada desde julho de 2008. Em junho, o índice foi 0,99%. 

O acumulado do ano ficou acima dos 4,17% do mesmo período do ano anterior. Já o índice de 9,25%, referente ao acumulado dos últimos 12 meses, superou a taxa de 8,8% do período anterior. O índice foi o mais elevado em 12 meses desde dezembro de 2003, quando atingiu 9,86%.

Notícias relacionadas

[Anac confirma suspensão da Avianca]
Economia

Anac confirma suspensão da Avianca

Por Kamille Martinho no dia 24 de Junho de 2019 ⋅ 11:40 em Economia

A agência determinou "a realização de tomada de subsídios com as partes interessadas previamente à redistribuição do banco de slots alocados à Avianca no Aeroporto de Con...

[Desemprego de longo prazo cresce 42,4%]
Economia

Desemprego de longo prazo cresce 42,4%

Por Catarina Lopes no dia 18 de Junho de 2019 ⋅ 20:00 em Economia

Crescimento ocorreu entre 2015 e 2019; desemprego a longo prazo é o desemprego há mais de dois anos

[Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Odebrecht]
Economia

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Odebrecht

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Junho de 2019 ⋅ 11:49 em Economia

Do total da dívida, R$ 83,6 bilhões seria o valor do passivo sujeito à recuperação, o que tornaria o processo a maior recuperação judicial da história do país, superando...

[Odebrecht formaliza pedido de recuperação judicial]
Economia

Odebrecht formaliza pedido de recuperação judicial

Por Kamille Martinho no dia 17 de Junho de 2019 ⋅ 18:22 em Economia

A companhia informou que o processo envolve R$ 51 bilhões de dívidas passíveis de reestruturação e outros R$ 14,5 bilhões não passíveis